Wilkinson e Fitzgibbons vencem em Newcastle

publicado há 1 ano por 0

WILKINSON-E-FITZGIBBONS-VENCEM-TOYOTA-PRO

Chegou ao fim a primeira etapa QS 6.000 do ano, o Maitland and Port Stephens Toyota Pro. Ao longo da prova as ondas estiveram um pouco abaixo do que se esperava no que toca a formação, mas isso não impediu de se ver bom surf de ponta a ponta.

Nos últimos dois dias as condições melhoraram bastante e o nível de surf “explodiu”. Às fases finais masculinas chegaram 4 australianos e 4 “internacionais”, uma disputa equilibrada que acabou com um local na final e um italiano.

Apesar de ainda ser júnior, Leonardo Fioravanti é o melhor surfista de tod0s os tempos do seu país, e mostra potencial de chegar onde nenhum outro Europeu conseguiu chegar! Depois de bater o havaiano Josh Moniz nos quartos de final e o californiano Pat Gudauskas nas meias, Leo encontrou Matt Wilkinson na final.

Por sua vez Wilko tinha batido dois aussies, Connor O’Leary nos quartos de final e Matt Banting nas meias, chegando assim à final da sua primeira prova do ano. Em fases completamente diferentes das suas carreiras os dois disputaram a vitória taco a taco, até Matt ter “ligado os motores” e com o seu backside afiado garantiu a vitória com notas de 8.83 e 9, deixando Fioravanti a precisar de uma nota 10.

Na categoria feminina também se viu muito bom surf e a melhor surfista portuguesa em prova foi Carol Henrique, que terminou em 37º lugar e garantiu mais 650 pontos no ranking.

A derradeira bateria da prova fez lembrar uma final do Championship Tour pois defrontava duas veteranas com muitas vitórias no CV, Sally Fitzgibbons e Stephanie Gilmore. Steph era a favorita para vencer já que nas meias finais derrotou Malia Manuel com a melhor média do campeonato, 19.5. Mas Sally não sei deixa influenciar com favoritismos e dominou o heat, começando o ano com uma vitória impressionante!

Comentários