Depois de um lay day devido a más condições, o E.Leclerc Pont-l’Abbe Junior Pro La Torche, prova a contar para o circuito Pro Junior Europeu, voltou à água.

Primeiro na água esteve o round 3 masculino, que tinha 14 surfistas lusos em prova. Em ondas de metro e meio com sets maiores, os lusos encontraram bastantes dificuldades e no fim apenas 4 passavam para a fase seguinte. Tudo começou com mais uma prestação sólida de João Vidal, que passou em segundo lugar atrás de Miguel Castrillon e eliminou número 3 do circuito, o francês Tiago Carrique, e o espanhol Leon Agurruza.

Pouco depois Afonso Antunes protagonizava a única vitória portuguesa do dia, apesar de apenas ter surfado duas ondas. Com um par e notas 5, Afonso bateu Hugo Tosetti, Zouhir Sélyann e ainda Sam Piter. Curiosamente, os pais de Piter e Antunes, Didier e João, foram grandes adversários também no circuito Europeu, disputando títulos e vitórias de etapas no já extinto circuito EPSA. A história parece estar a repetir-se e ambos mostram potencial de estar na vanguarda no do circuito Europeu em breve e até de fazer carreiras internacionais.

Só 9 heats depois, na 12º bateria da fase, se via outra qualificação para a fase seguinte por parte de um português. Diogo Martins foi uma das surpresas da fase ao bater Joaquim Chaves e Kilian God com um par de notas fortes, ficando inclusive muito perto do vencedor do heat, Renan Grainville.

No heat seguinte, mais uma boa surpresa, Miguel Matos também surfava só duas ondas, mas surfou bem a sua última recebendo a nota de 6.4 pontos. A sua onda anterior também foi forte e no final Miguel passava confortavelmente a sua bateria, em segundo lugar atrás de Justin Becret, e à frente de Olivier Cassaigne e José Maria Bruschy.

Pouco depois a prova passava para a categoria feminina, onde só restava uma surfista portuguesa, Mafalda Lopes. Foi uma bateria muito disputa e a minutos do fim Lopes encontrava-se em segundo lugar atrás de Nadia Erostarbe. Infelizmente a isrealita Anat Lelior, passou para segundo lugar na sua penúltima onda e ainda conseguiu aumentar a fasquia para Mafalda com a sua última onda, o que ditou a eliminação da surfista da Caparica.

Chegados ao fim deste segundo dia de prova menos de um quarto dos competidores do dia anterior estavam em prova mas qualquer um dos quatro poderá dar que falar nas fases finais. Acompanha a evolução desta prova AQUI!

Heats com portugueses
Round 3
Heat 2 | João Vidal x Mael Laborde x Afonso Antunes x Lenni Jensen
Heat 5 | Kauli Vaast x Teva Bouchgua x Aurelien Buffet x Diogo Martins
Heat 8 | Miguel Matos x Maxime Dos Anjos x Noe Ledee x Mathis Crozon

Comentários