A Billabong LAB apresenta o mais recente drop da coleção especial Billabong x Metallica. Intitulada de “Master of Puppets”, esta seleção de 4 artigos é inspirada no que muitos críticos consideram o melhor álbum de Metal de todos os tempos. O lançamento inclui uma t-shirt e uma longsleeve 3/4, uns boardshorts e, exibindo a poderosa capa do álbum nas costas, um blusão em bombazine, tudo de edição limitada.

Depois de Andy Irons e Ítalo Ferreira, desta vez é Jack Freestone que dá a cara à coleção produzida pela Billabong Lab – plataforma que suporta artistas, músicos, fotógrafos, etc. Após ter ganho o título mundial de juniores da ASP em 2010 e 2012, Freestone destaca-se no surf progressivo e é hoje , com 27 anos, um dos nomes mais empolgantes do Champion Tour da WSL.

Já disponível nas melhores surf shops do país, o quarto drop retira inspiração do terceiro album de Metallica – “Master of Puppets”. Lançado em 1986, foi o primeiro álbum da banda a atingir Disco Platina e cimentou a irreverência da sonoridade da banda. Faixas como “Battery” e “Damaged, Inc.” tornaram-se banda sonora de skate sessions solidificando a ligação entre Metallica e  os boardsports. Sendo Kirk Hammett e Robert Trujillo (guitarrista e baixista, respetivamente) surfistas assíduos, o espírito provocador do álbum encontrou o seu oposto natural nas peças de roupa da Billabong, confeccionadas para resistir às condições mais severas do oceano.

“O álbum Master of Puppets inspirou uma geração inteira de surfistas quando foi lançado,” comenta Evan Slater, vice-presidente do Marketing Global da Billabong. – “Mais ainda, este álbum é tão relevante hoje em dia como era na altura e continua a ser a banda sonora essencial para quem precisa um push extra.”

“Para mim, o êxtase que sinto com o Heavy Metal e o êxtase de surfar uma onda são o mesmo. Esta nova colaboração reflete este sentimento incrível.”, comenta Kirk Hammett, guitarrista dos Metallica.
Robert Trujillo, baixista, diz – “Há muita raiva no metal, mas de uma maneira boa. É uma ótima maneira de libertar tudo e o mesmo se passa no surf.”

 

Comentários