A sensual e excelente surfista portuguesa, Filipa Prudêncio, esteve recentemente na sua primeira viagem às paradisiacas ilhas das Maldivas. E, como todos os que já lá foram, veio encantada e rendida com a perfeição do Indico. E, como não podia deixar de ser, com o sentimento que apanhou algumas das melhores ondas da sua vida!

E, quando temos perante nós algumas das melhores e mais “perfomáticas” ondas do mundo, então o nosso surf adapta-se a esta realidade e a evolução parece acontecer a cada onda. A comprovar isso mesmo está o vídeo de 1:43 minutos que podes ver no final desta notícia onde a surfista que foi top 3 em 2008 e top 4 o ano passado da Liga Pro Surf (este ano Filipa parece ter apostado menos na competição e mais nas viagens). Mas, antes do vídeo, nada como umas palavras de Filipa a contar como foram os seus dias no paraíso.

Fiz, no mês de Junho, a primeira viagem às Maldivas integrada num grupo do team Rip Curl e com mais uns amigos. O objectivo era ganhar ritmo de surf, afastar-me um pouco do trabalho e relaxar.

Infelizmente descansei mais do que era suposto, pois lesionei-me nas costas no segundo dia, e estive dois dias sem surfar. Aproveitei para passear por algumas ilhas que se situavam perto dos picos de surf. É escusado dizer que as paisagens são paradisíacas, mas talvez seja bom sublinhar que fazer snorkling naquelas águas é igualmente encantador.

Nos dias seguintes, e como era “impossível” ficar no barco a vê-los surfar, estive o máximo de tempo que consegui dentro de água. Surfámos os picos de Jails, Honkies, Sultans e Chickens onde preferi a direita de Jails e a esquerda de Chickens. O mar esteve consistente e o tamanho rondava o meio metro a metro. A melhor surfada foi num final de tarde de metro e meio em Chickens, onde as ondas compridas permitiam a aplicação de várias manobras.

Outro momento peculiar, e que me pareceu raro, aconteceu quando um elemento tocou num tubarão-baleia com cerca de 5 metros. E não me esqueço da atmosfera que se viveu durante os jogos de futebol da nossa selecção. Trouxemos fotografias de surf e ainda algumas filmagens. As Maldivas são excelentes para evoluir e para treinar. Foi uma viagem divertida, sempre com bom ambiente e que espero repetir.”

YouTube Preview Image

 

Comentários

Os comentários estão fechados.