Frederico Morais “voa” para o round 2 no US Open | Dia 2

publicado há 2 anos por 0

VANS-US-OPEN-OF-SURFING-DIA-2015

O segundo dia do Vans US Open of Surfing começou como se esperava, com uma vitória do campeão em título da etapa, Filipe Toledo.

Nicolau Von Rupp estava logo no heat seguinte contra Caio Ibelli, Alex Ribeiro e Soli Bailey. Infelizmente o surfista da Praia Grande fez uma interferência logo nos primeiros minutos o que o deixou numa situação difícil. Nic não baixou os braços e de imediato fez a melhor onda do heat e recebeu a nota de 7.5. Com essa onda passou para primeiro e caso tivesse acertado um abusado aéreo reverse que tentou logo de seguida teria vencido. Mas não conseguiu completar a manobra e eventualmente acabou em 3º lugar, sendo eliminado pelos dois brasileiros do heat.

Depois foi a vez Marlon Lipke defrontar Connor O’Leary, Granger Larsen e Ricardo Christie. Lipke apostou mais nas esquerdas mas não a conseguiu transforma-las em notas altas. O australiano O’Leary, por sua vez, estava solto como nunca e venceu como facilidade, deixando o havaiano Granger Larsen em segundo, Ricardo Christie em terceiro e Marlon em quarto.

Frederico Morais era a última hipotese de ter mais um surfista português juntamente com Tiago Pires no round 2. E acabou por ser uma das melhores exibições do dia. Frederico abriu com duas ondas fortes contra Adrian Buchan, Takumi Yasui e Yadin Nicol. Depois de conseguir notas de 7.83 e 6 “Kikas” arriscou tudo e completou um aéreo abusado, garantindo uma vitória confortável e um lugar no round 2.

A prova masculina parou no fim do round 1, acompanha o resto do Vans US Open of Surfing em directo AQUI!

Os heats com portugueses:
Round 2
Heat 1 | Pat Gudauskas x Ryan Callinan x Tiago Pires x Adam Melling
Heat 17 | Frederico Morais x Maxime Huscenot x Aritz Aranburu x Jadson André

Comentários