Tomás Fernandes fala sobre o seu resultado no Allianz WJC | Mini-Entrevista

publicado há 2 anos por 0

TOMAS-FERNANDES-MINI-ENTREVISTA-ALLIANZ-WJC

Se houve uma revelação no Allianz World Junior Championships, o seu nome é Tomás Fernandes. O surfista da Ericeira entrou como wildcard local na prova e não poderia ter representado melhor a terra dos ouriços. Tomás foi crescendo heat após heat, e ficou muito perto de chegar à final, terminando num excelente 3º lugar. O campeão português Pro-Junior ao se qualificar entre os quatro primeiros do evento recebeu um “bónus” inesperado, uma vaga entre em todas as etapas Prime do ano de 2015. Este talentoso surfista de 18 anos conquistou assim mais um grande marco na sua carreira e com esta oportunidade poderá continuar a sua ascensão a caminho de objectivos maiores. A ONFIRE falou com ele minutos antes da final do evento para ouvir algumas palavras sobre este grande momento na sua carreira.

Quais eram as tuas expectativas antes deste campeonato?
Não estava a pensar num resultado mas sim em fazer heat após heat e fazer bons scores. Claro que tinha um objectivo em mente, que era chegar à final, e vi esse objectivo ir-se concretizando passo a passo. Infelizmente perdi nos últimos segundos mas não podia sentir-me mais contente pois acho que dei tudo o que tinha. Tenho e agradecer a toda a gente que permitiu que isto fosse possível e ao apoio do público, que foi fundamental, acho que não foi o meu 3º lugar mas sim o nosso, pois todas estas pessoas contribuíram para que isto fosse possível.

Disputar um título mundial na praia onde aprendeste a surfar é um sonho tornado realidade?
Foi um orgulho, sinto que esta praia é um local especial para mim e poder disputar o título mundial é fantástico!

O facto de teres vencido o heat do primeiro round deu-te alguma motivação adicional?
Claro, ter passado esse heat deu-me logo muito mais confiança porque não passei pela repescagem e com isso motivei-me ainda mais e olhei só para o resto do campeonato.

Descreve-nos um pouco como foi a tua meia final…
Acho que não poderia ter feito mais, dei o meu máximo…

Fizeste uma onda de 9.17, tinhas noção que seria uma nota excelente quando acabaste de surfar?
Tinha porque eu vi as ondas todas do Ítalo (Ferreira). Ele surfou muito bem mas acho que eram ondas pequenas. Eu sabia que a minha era das maiores e fiz o que pude na onda, daí ter achado que era uma nota alta.

Sabias que estava em jogo vagas nas etapas Prime do próximo ano? Quais passam a ser os teus objectivos agora?
Sabia. Agora não tenho objectivo definido além de correr o WQS a tempo inteiro. Quero aproveitar o momento e desfrutar dessa oportunidade e tentar passar heats!

 

Comentários