Já passaram mais de 8 anos desde que o tri-campeão mundial, Andy Irons, faleceu. No entanto, e apesar da forma controversa como perdeu a vida, a sua imagem continua muito forte entre o publico.

O seu nome é constantemente referenciado não só pelo seu surf mas também pelo seu carisma, algo que se destacava no meio de muitos “colegas” com posturas mais “politicamente correctas”.

Irons surfou com pranchas de muitos shapers diferentes, desde Matt Biolos quando era júnior, a Eric Arakawa e Al Merick nos anos em que foi campeão mundial, não esquecendo as Chilli, Timmy Patterson e JS, entre outras. Centenas de pranchas passaram pelas suas mãos ao longo dos anos, pranchas essas que hoje estão espalhadas por todo o mundo.

Muitas ainda se encontram na sua garagem, nas colecções dos seus amigos mais próximos, em lojas Billabong, fábricas e lojas dos shapers que as fizeram e nas mãos de fãs. Em Portugal inclusivamente, há várias. AI surfou em Peniche no seu último campeonato e ofereceu algumas pranchas a “groms” locais. Outra das suas pranchas está em exposição na loja Dr. Ding, em Carcavelos.

Apesar de ainda existirem em quantidade, são algumas das pranchas mais procuradas por fãs de surf. De tempos em tempos surgem no mercado. Actualmente uma das suas Arakawa’s, bem queimada do sol, encontra-se à venda por cerca de 4.000 euros no ebay, e no site “VintageBoardHoard”, onde se podem encontrar pranchas das mais diversas épocas à venda, recentemente passaram três, todas vendidas acima de 10.000 USD, e há uma lista de espera grande para quando surgirem mais…

Comentários