Com o passar dos anos muitos nomes conhecidos do meio do surf vão falecendo, mas no Havai a incidência parece ser acima da média, com vários casos no auge das suas carreiras e outros nem tanto.

Só nos últimos 10 anos vimos cerca de 9 surfistas famosos havaianos a desaparecem, começando com Andy Irons em 2012 e seguindo para lendas como Donald Takayama, “Buttons” Kaluhiokalani, Ricky Grigg, Brock Little, Derek Ho, John Shimooka, Ben Aipa e Peter Cole.

Infelizmente hoje juntou-se mais um nome a este lista, o surfista/skater de Oahu, Kalani David, de apenas 24 anos. Aparentemente Kalani tinha uma doença que não é rara mas, no seu caso, trazia alguns problemas acrescidos, wolff-parkinson white syndrome. Foi durante uma sessão de surf na Costa Rica, onde se encontrou com a sua família, que David entrou em convulsões e acabou por falecer. Num post recente Kalani David partilhou com o mundo que, segundo o seu médico, não devia nem guiar nem surfar até estar curado da sua condição, algo que não seguia à risca e que desta vez lhe custou a vida.

Kalani foi desde novo apontado como um dos grandes talentos da sua geração, tendo tido como auge competitivo o seu título mundial na categoria de Sub16 no ISA World Surfing Games de 2012, no Panamá, quando tinha apenas 14 anos. Eventualmente dedicou-se ao free surf, profissão que exercia até à actualidade. A sua morte caiu como uma bomba na comunidade do surf havaiano e internacional, com muitos dos melhores surfistas do mundo a comentarem via IG sobre a enorme perda para o nosso desporto.

Rest in Peace …

Comentários