Um ambiente fantástico na celebração dos 20 Anos do Surf Lusófona, com mais de 200 treinadores a comparecer neste grande encontro nacional do surf, realizado no auditório principal da Universidade Lusófona, durante a tarde de Sábado, Dia 25 Fev. Marcaram presença treinadores de surf provenientes de norte a sul do país, e a partilha de experiências foi intensa e a satisfação foi generalizada. A parceria com a recém criada Associação Nacional de Treinadores Surfing, potenciou a construção do programa apresentado, neste que foi o primeiro evento da associação, com alguns dos seus membros na lista dos oradores convidados. Foram prestadas homenagens aos surfistas Pedro Martins de Lima e João Alexandre Dapin e os painéis de debates contaram com 12 convidados no total que permitiram à plateia diversas intervenções e trocas de opinião sobre os vários temas em debate.  

Na sessão de boas vindas, o Prof.Jorge Proença, director da Faculdade de Educação Física da Universidade Lusófona, sublinhou a importância do evento e dos convidados: “foi mais um momento singular da nossa faculdade, permitiu reconhecer e conhecer melhor o contributo dos que, com paixão e determinação, fizeram do Surf uma das mais importantes expressões no domínio do Desporto e das Actividades Físicas”. 

Para além da componente formativa das palestras e das conversas mais sérias sobre a actividade profissional, este congresso foi também um encontro entre amigos do surf, celebrou-se a amizade e a paixão pelo mar e pelas ondas. Vários surfistas e treinadores conhecidos, como Manuel Mestre do Algarve, Ricardo Leopoldo de Peniche, Pedro Barbudo de Cascais, Bruno Rodrigues do Porto, Pedro Monteiro de Carcavelos, David Raimundo de S.João do Estoril, João Macedo da Praia Grande, os atletas Vasco Ribeiro e João Vidal, entre muitos outros, contribuíram para o enorme carisma do evento. 

Nas palestras, sublinhar as importantes intervenções no primeiro painel, sobre a realidade do treinador no surf recreativo nas várias zonas do país, com a participação de Nuno Sequeira da Surf Lisbon, Ricardo Leopoldo do Peniche Surf Camp, Manuel Mestre do Clube Surf de Faro e Duarte Arbues da Onda Pura em Matosinhos. 

No segundo painel, sobre a formação dos treinadores, foi debatida a realidade actual da formação e da certificação, com várias informações e perspectivas dos intervenientes, Sandro Maximiliano que dirige o principal curso do país, Miguel Moreira da Federação Portuguesa de Surf, e Manuel Rui Silva da Associação Nacional de Treinadores Surfing. Por fim, no último painel e talvez o mais aguardado, o evento contou com a presença de Francisco Spínola, director da WSL, que partilhou informação sobre o aumento exponencial dos treinadores nos campeonatos mundiais, destacando vários casos em particular de atletas do world tour, e também a presença dos restantes treinadores convidados, David Raimundo, seleccionador nacional, com um valioso contributo sobre o percurso e o trabalho desenvolvido com surfistas de competição e com a seleção nacional, também Francisco Pereira, treinador de nova geração, revelou um olhar atento e bem sucedido, e Catarina Sousa que representou o treino no bodyboard feminino. Também o surfista Vasco Ribeiro, atleta da WSL, marcou presença na plateia e deixou alguns apontamentos sobre os temas em debate.

Sandro Maximiliano, organizador e moderador do evento, considerou este congresso um sucesso e um momento muito importante para o surf nacional.

“Conseguir juntar mais de 200 treinadores na universidade e criar este ambiente fantástico durante toda a tarde, foi uma satisfação enorme para mim. Este congresso foi um verdadeiro encontro nacional do surf, só tenho a agradecer a todos pela presença. Tenho recebido dezenas de mensagens de incentivo, de norte a sul do país, e isto só prova que o trabalho desenvolvido ao longo destes 20 anos foi muito importante e vamos continuar. Muito obrigado a todos os oradores convidados, também à associação nacional de treinadores surfing pela parceria, e a todos aqueles que directa ou indirectamente têm feito parte dos nossos 20 Anos de Surf na Lusófona. Enquanto houver saúde, vou continuar por aqui.” 

Comentários

Os comentários estão fechados.