O quinto dia do ISA World Surfing Games, realizado em Huntington Beach, Califórnia, era potencialmente perigoso para a selecção portuguesa já que tinha vários surfistas a competir nas fases de repescagem. Felizmente acabou por ser um dia muito positivo.

Tudo começou com Guilherme Ribeiro que não só venceu, com notas de 8 e 7.53, como fez a melhor média da fase, deixando Oscar Urbina, da costa Rica, num distante segundo lugar. Na fase seguinte o indonésio Ketut Agus começou com uma onda de 8 pontos, deixando o seus adversários a correr atrás do segundo lugar. E foi Ribeiro quem assegurou essa posição, em mais um heat muito bem surfado, deixando o israelita Siam Nikritin fora do evento por apenas 0.1 pontos.

Na mesma fase, o round 4 da repescagem, estava Frederico Morais, que tinha provavelmente o heat mais difícil do round. “Kikas” manteve o seu “game plan”, mostrando-se muito paciente, abrindo o heat com uma nota nota 6.33 e fechando com 6.13 para deixar o líder do ranking CS, Rio Waida, em segundo, e eliminando o mexicano Sebastian Williams em terceiro e o ex-top do CT, Jesse Mendes, a representar a Itália, em quarto.

Frederico e Guilherme ainda competiram novamente, no round 5 da repescagem, repetindo as prestações das fases anteriores para vencer ambos os confrontos, no caso de Morais com uma das melhores médias da fase.

O sucesso continuou na prova feminina, onde Francisca Veselko venceu um competitivo heat no round 4.

Contas feitas, ao fim de cinco dias, a selecção nacional mentem-se intacta e ocupa a primeira posição no ranking por equipas, empatada com os EUA e França. Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários