Depois de um dia dramático de competição, para os surfistas portugueses e não só, o MEO Vissla Pro Ericeira voltou à acção, novamente com boas condições.

Primeiro na água, em ondas de um metro, esteve o heat 10 da categoria feminina, que juntava Carolina Mendes, Keala Tomoda-Bannert, Meah Collins e Savanna Stone. A representante portuguesa, Carolina, esteve um pouco parada durante grande parte da bateria, fazendo a sua primeira onda boa a 10 minutos do fim. Sentindo a urgência, Mendes encheu uma onda medíocre com várias rasgadas e finalizou forte, recebendo uma nota de 6.77 pontos. Sem prioridade já no minuto final, Carolina fez a excelente escolha de se posicionar mais no inside, fora do alcance das suas adversárias, apanhando uma onda que encheu novamente de manobras para passar directamente do 3º para o 1º lugar, enquanto que Keala ficou em segundo, com Savana e Meah em 3º e 4º lugares respectivamente.

A grande surpresa da fase foi a eliminação da vencedora da etapa anterior, Caitlin Simmers, que mesmo tendo começado com uma das melhores ondas do heat, não mostrou o mesmo nível que em Huntington beach e acabou eliminada na última troca de ondas por Mahina Maeda e Sol Aguirre.

No penúltimo heat da fase estava outra portuguesa, Teresa Bonvalot, que tinha como adversárias Kirra Pinkerton, Betttylou Sakura Johnson e Brianna Cope. Betttylou foi quem começou melhor a bateria, com uma onda de quase 8 pontos, enquanto que Teresa foi voltando a entrar na disputa por uma vaga na fase seguinte na segunda metade do heat. Na sua melhor onda Bonvalot conseguiu encaixar algumas rasgadas, mas foi com duas batidas que conseguiu a maior parte do seu 6.83, acabando em segundo lugar com alguma vantagem sobre Kirra e Brianna.

Seguiu-se a prova masculina que teve como uma das grandes surpresas a eliminação de Ítalo Ferreira. O ex-campeão mundial encontrou forte oposição da parte de Nat Young, Thiago Camarao e Charly Martin, e com quase 10 minutos de heat ainda disponíveis saiu da água, insatisfeito com as condições e provavelmente a sua prestação. O momento mais “duro” para os portugueses neste dia foi o penúltimo heat que esteve na água, que juntava Vasco Ribeiro a Kauli Vaast, Ramzi Boukhiam e Jackson Baker. Vasco abriu o heat com uma onda de 8 pontos e parecia estar já com um pé na fase seguinte. Mais tarde na bateria Kauli Vaast apanhou uma onda cheia de secções e com um bom back up passou para a frente. Ribeiro também tinha um bom back up mas a porta estava aberta para Jackson Baker fazer um “milagre” no fim do heat, que infelizmente fez. Baker destruiu uma longa onda, fez a melhor nota do heat e passou para primeiro, empurrado Vaast para segundo e Vasco, por muito pouco, para terceiro.

Acompanha a evolução do MEO Vissla Pro Ericeira AQUI!

Prova feminina
Round 2
Heat 4 | Freya Prumm x Freya Prumm x Shino Matsuda x  Yolanda Hopkins

Heat 5 | Brisa Hennessy x Carolina Mendes x Ariane Ochoa x Hinako Kurokawa
Heat 7  | Macy Callaghan x Mahina Maeda x Teresa Bonvalot x Chelsea Tuach

 

Comentários