Pelo terceiro dia consecutivo o Caraïbos Lacanau Pro, prova QS 1.000 a contar para o ranking europeu masculino e feminino, avançou, desta vez com ondas um pouco maiores na Grand Plage de Lacanau, França.

Foi neste dia que a prova feminina se estreou e houve derrotas surpreendes logo na primeira fase. Gabriela Dinis foi a primeira baixa, sendo eliminada por pela inspirada dupla Maelys Jouault e Alys Barton. Também Beatriz Costa foi eliminada nesta fase, enquanto que Camila Cardoso venceu o seu heat.

Na fase seguinte, o round de 32 surfistas, Yolanda Hopkins manteve o seu “streak” de vitórias, dominando a primeira bateria e deixando três surfistas francesas a lutarem pelo segundo lugar. A francesa Bahia Frediani foi a surfista que mais se destacou nesta fase, vencendo o seu heat com uma média alta, mas Mafalda Lopes conseguiu assegurar o segundo lutar, avançando também para o round de 16. Francisca Veselko também venceu o seu heat, deixando Camilla Kemp apenas 0.1 pontos atrás em segundo lugar. Carolina Mendes garantiu a sua vaga para a fase seguinte atrás de Maud Le Car, enquanto que Camila Cardoso foi eliminada.

Na prova masculina Afonso Antunes tratou de vencer o seu heat do round de 16 mas logo no heat seguinte a dupla portuguesa, Joaquim Chaves e Francisco Almeida, acabou por ser superada por muito pouco pela dupla francesa Thomas Debierre e Marco Mignot. Guilherme Ribeiro voltou a vencer enquanto que Pedro Henrique passou o seu heat em segundo e Luís Perloiro froi eliminado.

Acompanha a evolução desta prova AQUI!

Heats com surfistas portugueses
Prova Masculina
Round de 16
Heat 1 | Cristian Portelli x Thomas Debierre x Afonso Antunes x Marc Lacomare
Heat 4 | Pedro Henrique x Guilherme Ribeiro x Yago Dominguez x Tiago Carrique

Prova feminina
Round de
16
Heat 1 | Yolanda Hopkins x Nahia Milhau x Tessa Thyson x Mafalda Lopes
Heat 3 | Francisca Veselko x Hina-Maria Conradi x Maud Le Car x Lucia Machado
Heat 4 | Janire Etxebarri x Camilla Kemp x Rachel Presti x Carolina Mendes

Comentários

Os comentários estão fechados.