Já arrancou a prova que atribui 14 vagas nos Jogos Olímpicos de 2024, o ISA World Surfing Games, realizado em La Marginal, Arecibo, Porto Rico.

O fator olímpico atraiu a este evento um número muito elevado de surfistas do Championship Tour, que inclui Filipe Toledo, Gabriel Medina, Yago Dora, Jordy Smith, John John Florence, Kanoa Igarashi, Ramzi Boukhiam, Barron Mamiya, Jack Robinson, Leonardo Fioravanti, Ethan Ewing, Rio Waida, Connor O’Leary, Matthew McGilivray, entre outros destaques fora do tour, como Morgan Cibilic, Joan Duru, Kauli Vaast, Billy Stairmand e Carlos Munoz. Na categoria feminina estão presentes Caroline Marks, Molly Picklum, Caity Simmers, Tatiana Weston-Webb, Carissa Moore, Luana Silva, Brisa Hennessy, Johanne Defay e Tyler Wright. Nesta conversa, de surfistas que poderão trazer resultados sólidos e até vagas olímpicas está toda a seleção portuguesa, que é constituída por Frederico Morais, Guilherme Ribeiro, Guilherme Fonseca, Francisca Veselko, Yolanda Hopkins e a única representante do nosso país com uma vaga “provisória” garantida, Teresa Bonvalot.

E logo no round 1 os portugueses mostraram que estão neste evento para vencer, avançando todos para o round 2. Entre eles Guilherme Ribeiro foi quem mais se destacou, vencendo o seu heat com uma média muito semelhante à de surfistas do CT, mas também Frederico Morais e Teresa Bonvalot, venceram os seus heats, enquanto que Fonseca, Hopkins e Veselko avançaram em segundo lugar. No caso de Francisca foi um segundo a saber a primeiro pois a vencedora do seu heat foi a campeã mundial em título, Caroline Marks. Uma das grandes surpresa do primeiro dia foi a derrota da vencedora da primeira etapa do Championship Tour do ano, Caity Simmers, que perdeu para Lucy Jarrard e para a portuguesa que compete pela Alemanha, Camilla Kemp.

Acompanha a evolução desta prova em direto AQUI!

Comentários

Os comentários estão fechados.