Cerca de 5 dias depois de se estrear no Jeep World Junior Championship, Teresa Bonvalot voltou a competir na prova que decide os campeões mundiais júnior. Entre a bateria que venceu no round 1 e este dia de prova realizaram-se cerca de 30 heats, divididos entre confrontos do round 2 feminino e round 2 e 3 masculino.

O dia começou com o round 3 masculino, realizado com ondas de meio metro e algum vento on shore. O brasileiro João Chianca, irmão do big wave rider que compete no big wave tour da WSL, Lucas Chianca, mostrou ser um mestre em ondas pequenas e foi um dos destaques. De backside João fez as ondas parecerem boas e deixou o seu adversário, Joshe Faulkner, combinado.

Outro destaque foi Samuel Pupo, um dos favoritos para vencer a prova, que começou mal o seu heat contra o perigoso Jake Elkington, mas conseguiu dar a volta ao resultado e seguir para a fase seguinte. Para terminar a fase Barron Mamiya e Keanu Kamiyama fizeram um dos melhores confrontos da fase mas, no fim, foi o havaiano quem dominou a bateria.

Teresa Bonvalot estava novamente no primeiro heat da fase e tinha como adversárias Vahine Fierro do Tahiti e Taina Hinckel. Fierro, a tahitiana, abriu com uma boa esquerda com três batidas no lip, o que lhe garantiu um nota de 8.17 e logo de seguida surfou bem uma direita para conseguir um back up sólido de 5.33. Teresa e Taina caíram nas suas primeiras ondas mas, com um par de esquerdas rápidas a portuguesa começou a “construir” o seu heat.

A 10 minutos do fim Vahine liderava, deixando Bonvalot em segundo a precisar de uma onda de 8.83 enquanto que Hinckel precisava de 3.27 para superar a portuguesa. A surfista do Brasil escolheu muito bem a sua onda seguinte e com um snap e uma manobra forte recebeu a nota de 7.17 pontos e deixou Teresa a precisar de 7.5 para não ser eliminada. Ao cair na onda seguinte, a 4 minutos do fim, Teresa ficou numa situação complicada pois perdeu a prioridade e ganhou uma baby-sitter já que Taina Hinckel tratou de marcá-la até ao fim do heat. O tempo acabou sem que Teresa conseguisse virar o heat, terminando a sua carreira júnior com um 9º lugar.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

 

Comentários