Será que o Founders’ Cup é o primeiro evento da WSL numa piscina de ondas? Na verdade, não! Nos dias da ASP, uma denominação que durou até 2014, a mais importante organização competitiva de surf ia quase a qualquer pedaço de costa que oferecesse qualquer onda, uma prática que foi sendo melhorada durante os anos 90.

Foi há quase 30 anos que os surfistas da Association of Surfing Professionals aproveitarem o facto de estar no Japão para competir numa etapa de pontuação elevada para fazer a deslocação a Izu e competir num “tanque” de ondas. Esta piscina estava a décadas da qualidade que se vê nos projectos WaveGarden e Kelly Slater Wave Co, mas não estava muito longe da fasquia de ondas de baixa qualidade que o circuito aceitava na altura.

Isso fez com que muitos dos “grandes” da altura, como Damien Hardman, Martin Potter, Derek Ho, Luke Egan, Barton Lynch, Gary Elkerton, Matt Archbold, Brad Gerlach e muitos outros nomes de referência até aos dias de hoje tivessem marcado presença. No final Damien Hardman e  Martin Potter disputaram o título no derradeiro heat do evento, tendo o “Mr. consistency” (e campeão mundial em título), Hardman, saído vencedor.

O tour, agora com uma dimensão e qualidade incomparável à “máquina” dos anos 80, regressa a uma piscina este fim de semana, Founders’ Cup of Surfing presented by Michelob ULTRA Pure Gold e novamente para o Surf Ranch Open em Outubro…

Comentários