Com os dois primeiros do ranking fora do Hurley Pro, Gabriel Medina tinha uma oportunidade de ouro de fugir com a liderança. Mas, apesar de ter feito surf de sobra para vencer, os júris não lhe deram a nota que precisava numa que será provavelmente a onda mais controversa do ano. Este vídeo mostra a nota de 8.67 de Tanner Gudauskas em simultâneo com a de Medina, o que deixa ainda menos margem de dúvidas que houve uma falha no julgamento que poderá influenciar muito o título mundial.

Comentários

Os comentários estão fechados.