Os teasers de campeonatos de surf são quase todos, por norma, bastante semelhantes. Umas ondas dos anos anteriores, o vencedor, o publico, a marca e “voilá” fica feito um teaser para passar na web e, caso o evento tenha dimensão para tal, na televisão.

Para fugir à banalidade a marca ROXY produziu algo completamente diferente para a etapa do WWCT que se irá realizar em Biarritz em breve. Esse vídeo, além de estar “subtilmente” carregado de product placement da Roxy e parceiros dos evento, surge com um approach bastante “sexy”, mais parecendo uma produção de moda do que algo ligado a um campeonato de surf.

Nele uma surfista (quem adivinha quem é?) vestida com pouca roupa prepara-se para sair de casa esbanjando sex appeal desde o momento que acorda (semi-nua claro) até chegar à praia onde irá vestir uma lycra de competição do Roxy Pro Biarritz.

YouTube Preview Image

Alguma produtora, com algum tempo livre nas mãos, deve ter achado piada ao teaser e tratou de fazer um vídeo a brincar com o conceito, trocando a bela surfista da Roxy por um “marmanjo” e enchendo também o vídeo de produtos, mas desta vez não tão subtilmente.

YouTube Preview Image

Até aí tudo bem, era tudo “fun and games” mas nem todos, ou melhor, nem todas, acharam muita piada ao vídeo da Roxy e começar a chover protestos na web. O conhecido site/blog norte-americano, autoproclamado de o maior “consórcio” de “surfistas pensadores” do planeta, The Interia, foi a principal plataforma usada para criticar esta campanha e mesmo a própria imagem e estratégia da marca.

Vários posts foram colocados, carregados de comentários e de debate e a ex-profissional de surf, e recentemente assumida lésbica, Cori Schumacher, começou inclusive uma petição que apelava à Roxy para não usar uma imagem sexy para vender os seus produtos, considerando que esta estratégia não dignifica as atletas da marca nem o desporto em si!

Perante estes “ataques” a marca respondeu via facebook, adoptando a estratégia (provavelmente correcta) de explicar sem justificar. Quer as mais feministas queiram admitir ou não a Roxy e esta imagem sexy, que usam praticamente desde que existe, permitiu que o surf feminino tivesse crescido como cresceu, apoiando como nunca antes atletas e o desporto. A Roxy abriu o caminho para que outras grandes marcas também investissem no surf feminino e todas juntas, obviamente em conjunto com as atletas, fizeram com que o surf feminino profissional fosse uma realidade dentro ou fora da competição e não apenas um “sideshow” ao lado do surf masculino.

E a verdade é que, quanto aos protestos, como muita coisa que passa na web, provavelmente daqui a umas semanas já ninguém se lembra…

Comentários

3 comentários a “Teaser da Roxy causa polémica na web”

  1. Andreia diz:

    Se calhar sou só eu mas não percebo onde está o enorme problema??
    Durante anos muitas raparigas sempre tiveram receio de praticar certos desportos maioritariamente dominados por homens porque as que os praticavam eram constantemente chamadas de “maria-rapaz”, ou pior, e para serem mais levadas a serio não cuidavam/usavam muito a sua imagem para parecerem mais atléticas e menos “menininhas”. Agora as mulheres conseguem balancear o ser atlética e ser feminina/sexy ao mesmo tempo, um não impede o outro. As raparigas que estão de fora olham para elas e já não têm receio de dizerem que querem ser como elas.
    Se o teaser está 100% bem feito? Não. Devia ser mais longo e devia mostrar a rapariga a surfar porque é isso que eles estão a publicitar. No entanto acho que estão a fazer uma tempestade num copo de água e a serem hipócritas porque isto não é nada de novo. Deviam-se preocupar em apoiar/investir mais no tour das meninas para que elas tenham melhores condições, e não as amostras de ondas que têm, porque o nível de surf que apresentam merece melhor. Se assim fosse haveriam melhores assuntos para discutir porque as marcas não precisariam de usar tanto o lado sexy das mulheres para vender os seus produtos e consequentemente apoiar o desporto, já que isso parece incomodar tanta gente.

  2. Nuno diz:

    Ridículo….numa altura que é rara a surfista que não faz uma produção destas (basta seguirem a STAB) ou um instragramzinho mais sexy vem agora queixar-se ?!? Olha queixem-se à bimba de Kauai, que foi ela que começou isto…