O que precisas para que uma viagem fique mesmo “de sonho”? Ondas boas? A companhia certa? Pouco crowd no pico?

Há coisas que podes controlar, como a companhia, enquanto que as ondas é uma questão de sorte, mas nas Maldivas é quase garantido apanhares boas condições. Já a questão do crowd também é algo que também pode ser contornada, se fores para o lugar certo…

Enquanto que algumas das ondas mais conhecidas das Maldivas, como Cokes, Chickens, Sultans e Jails estão disponíveis tanto aos surfistas que surgem nos Open Boats, como os que vêm de dhoni ou dinghy das ilhas próximas, ou mesmo para os que ficam nos resorts e surf houses locais, há outras que são mais exclusivas.

Já ouviste falar de Vodi? A onda exclusiva da NIYAMA PRIVATE ISLANDS, situada no Atol Central, não é tão conhecida como outras esquerdas da zona mas apresenta boas secções para manobras fortes, sendo um pouco mais rápida quando quebra acima de um metro. Ao contrário de muitas outras ondas nas Maldivas, as entrada e saídas são bastante fáceis através de uma superfície de rochas planas. Descobre mais sobre este resort AQUI!

Lohis, no Atol de Malé Norte, é exclusiva para os hóspedes do ADAARAN HUDHURANFUSHI. Esta onda dispensa apresentações e além de ser uma das melhores ondas de todas as Maldivas, tem como grande vantagem o facto de funcionar bem com todas as marés. Ao longo dos anos este pico recebeu diversas provas da WSL e muitos dos melhores surfistas do mundo e o próximo podes ser tu! Descobre mais sobre este resort AQUI!

A mítica esquerda de Pasta Point, que a recebeu a primeira grande surf trip de portugueses nos anos 90, só pode ser surfada pelos hóspedes do CINNAMON DHONVELI MALDIVES. A primeira secção, Macaroni Bowl, é a mais acessível a manobras como cutbacks enquanto que a secção seguinte, Lockjaws, apresenta secções mais verticais, permitindo manobras mais radicais. Descobre mais sobre este resort AQUI!

Além destas ofertas a TakeOff Surf Travel tem também, entre muitos outros destinos, os Open Boats, com datas de 15 a 23 de Agosto (2 lugares livres) e de 1 a 9 de Setembro (3 lugares livres). Mas não demores muito pois a qualquer momento podem acabar…

(Luís Perloiro em Lohis e arredores)

Comentários