Surf Adaptado em Portimão foi um sucesso!

publicado há 3 anos por 0

Surf-Adaptado-Portimao

Foram mais de uma dezenas de surfistas especiais que estiveram no mar em Portimão!

Foi ontem, Sábado, que decorreu o primeiro evento da SURFaddict (Associação Portuguesa de Surf Adaptado) de 2014, e que contou com o apoio na organização da Future Surfing School e do Clube Naval de Portimão.

Dezenas de voluntários fizeram questão de ajudar os surfistas com diversos tipos de deficiência que rumaram à Praia da Rocha para experimentar as sensações do surf, alguns deles pela primeira vez, e num dia em que as condições do mar estavam perfeitas para a realização do evento.

“Não importa se é difícil, apenas se é possível”, é o lema da SURFaddict e esta Associação voltou a colocar em prática o seu lema proporcionando um dia de largos sorrisos e experiências únicas essencialmente aos surfistas especiais, mas também àqueles que se disponibilizaram para ser voluntários.

O Algarve é sempre uma incerteza para nós”, começou por dizer Nuno Vitorino, presidente da SURFaddict. “Não é um evento simples, pois as pessoas do Algarve têm algum tipo de dificuldades em aderir a este tipo de iniciativas mas nós não temos problemas, pois não queremos saber se é difícil, apenas se é possível. E foi isso que fizemos mais uma vez, demonstrar que ninguém é mais teimoso que nós”, frisou. “Colocámos cerca de uma dezena de pessoas na água, algumas deles pela primeira vez. Havia pessoas radiantes: um jovem autista encheu-nos a alma porque já surfou de pé, durante duas horas e meia, e deixou toda a gente contente. Para nós já valeu a pena a viagem. Penso que o Algarve é para continuar e mais tarde ou mais cedo vamos cá voltar, pois as pessoas da Future Surf School que estão connosco são maravilhosas”, afirmou.

A mesma opinião tem Ricardo Gonçalves, proprietário da Future Surfing School com Guga Gouveia e um dos voluntários presentes no evento. “Gostámos bastante do evento e mais uma vez tivemos bastante adesão dos voluntários, o que é muito bom e gratificante. Talvez tenha ficado a faltar uma adesão maior dos surfistas, pois assim também aumenta o nível de gratificação dos envolvidos”, referiu.

Ainda assim, os poucos que vêm acabam por passar mais tempo dentro de água e evoluem tecnicamente. De qualquer forma seria sempre bom trazer mais pessoas pois ainda há outras vertentes por explorar, como a competição, nem que seja apenas de uma forma lúdica. Há vários surfistas que vêm e que são atletas de outros desportos, por isso o surf adaptado também poderia ter essa vertente”, concluiu Ricardo Gonçalves.

Para além da parceria com a Future Surfing School de Portimão, que teve um papel fundamental na organização do evento a par do Clube Naval de Portimão, a SURFaddict contou ainda com o apoio da Câmara Municipal de Portimão, do hostel Villa Joaninha e da Pizzeria L’Angolo. Os parceiros oficiais da SURFaddict são o Hotel Lisboa Marriott e a Marlin Fins. A próxima paragem da Fábrica dos Sorrisos está prevista para maio em São Torpes, Sines.

 

Comentários