Slater revela gravidade da sua lesão mas já venceu em pior estado…

publicado há 2 anos por 0

KELLY-SLATER-LESAO-2014

Nos últimos dias tem-se especulado muito sobre o facto de Kelly Slater se ter lesionado, já que o 11x campeão mundial é um de três candidatos ao título de 2014.

Kelly partiu dois dedos do seu pé a surfar em Tavarua e no seu Instagram descreveu o acidente. “A “foamball”, dentro de um tubo, pressionou a minha prancha contra o meu pé e hiper-extendeu os dedos para trás. O meu segundo dedo foi parar acima do terceiro por isso eu sabia que algo estava mal. Mas o pior foi ter de ficar a assistir num dia tão bom! Ao menos os meus amigos divertiram-se antes do vento do vento mau ter entrado. No dia anterior caí numa onda e parti a minha quilha com os meus joelhos por isso na verdade provavelmente tive sorte de não me ter magoado mais. São bons tempos para reflectir e purificar o corpo depois de duas semanas de bacon e tubos em Tavarua.”

Serão cerca de três semanas de recuperação, o suficiente para estar apto para competir em Pipeline e dar a Medina e Fanning muito trabalho. Mas mesmo que não esteja 100% recuperado, Slater poderá ser perigoso para os seus adversários. É nas manobras mais abusadas que Slater, ou qualquer outro surfista, precisa de estar sem “mazelas” mas em ondas de tubos a exigência é, de certa maneira, menor.

Foi em 2003, o ano mais competitivo da história da ASP, que Slater competiu com um pé partido em Teahupoo e venceu. Abusando dos encaixes “grab rail”, Kelly passou heat após heat até bater Taj Burrow na final. Com o resultado KS passou para o primeiro lugar, empatado com Andy Irons, mas faltou à etapa seguinte pois já exigia surf mais high performance do que o seu pé permitia.

O que quer dizer que, em Pipe, estará tudo em aberto! Será que o “animal ferido” vai conseguir o seu 12º título mundial?

 

Comentários