Sally Fitzgibbons abre a época sem patrocínio principal…

publicado há 2 anos por 0

Sally-Fitzgibbons-fica-sem-sponsor

Ainda há pouca informação mas o que é certo é que a número 3 do WWCT começou a temporada competitiva sem patrocínio principal. Foi em Janeiro que Sally Fitzgibbons fez a comunicação através de um post no instagram com o seguinte comentário: “Excited to be starting my next chapter, after a great partnership with my major sponsor @roxy !! Can’t wait to see what the future holds for me in 2015 : )” (em português: “Contente por estar a começar o meu próximo capítulo depois de uma grande parceria com o meu patrocinador principal @roxy !! Mal posso esperar para ver o que espera por mim em 2015″).

Do lado da Roxy não houve comunicado, apenas se tornou visível a retirada desta surfista da equipa pela ausência do seu nome e perfil no directório de patrocinadas. É provável que esta saída se deva a valores já que a Roxy “herdou”a campeã do mundo Stephanie Gilmore quando a Quiksilver terminou a marca para qual a tinha contratado a Quiksilver Women.

O ordenado de Gilmore apenas fica atrás do de Alana Blanchard, sendo estimado em 1.7 milhões de USD (+ bónus pelos resultados em competição). Apesar dos seus patrocínios secundários pagarem uma boa parte da “factura” o que é certo é que a maior fatia cai sobre o seu patrocinador principal, a Roxy. E, segundo a revista Stab, os valores de Sally também passavam o milhão de dólares, apesar de “apenas” 500k serem pagos pela Roxy. Com o estado da economia a nível mundial é possível que estas tenham sido as contas que influenciaram a sua saída da marca, ou não…

Mas Fitzgibbons não ficou propriamente “descalça” pois continua com os patrocínios da Red Bull, Land Rover, Garnier, Firewire, Samsung, FCS e outros mais pequenos, que continuam a contribuir para que continue a ser uma das surfistas mais bem pagas do mundo.

Comentários