Depois de um ano em que esteve ausente devido a uma lesão, Tiago Pires diz estar novamente magoado. Em 2013 o português do WCT só competiu em duas etapas, tendo contraído uma lesão durante uma sessão de free surf em Portugal muito pouco tempo antes da etapa brasileira do tour.

O resto do ano foi passado a recuperar mas em 2014 Saca voltou “com tudo”. Depois de uma estreia positiva na Gold Coast, em que eliminou um dos candidatos ao título no ano passado, Jordy Smith, Tiago acabou eliminado por Kelly Slater no round 3.

Nas semanas seguintes, Pires manteve-se pela Gold Coast a testar as suas pranchas antes de arrancar para Margaret River. E quando tudo parecia estar a bater certo aconteceu o inesperado, Saca lesionou-se novamente! Logo de seguida, Tiago começou a trabalhar na sua recuperação, mas rápido percebeu que não iria estar pronto para competir na segunda etapa do tour, o Drug Aware Margaret River Pro.

Foi via Facebook que o melhor surfista português de todos os tempos comunicou que não iria estar presente na próxima etapa, escrevendo o seguinte: “É com grande tristeza que venho comunicar-vos que não participarei na próxima etapa do circuito mundial. Voltei a magoar-me no joelho há uns dias atrás e estive até hoje a tentar de tudo para conseguir ir a Margaret River. Estou a trabalhar muito para poder estar a cem por cento em Bells Beach e estou confiante que isso vai acontecer! Obrigado pela vossa força.

Margaret é uma etapa que beneficia o surf de Tiago Pires, tendo sido fulcral na sua qualificação para a elite em 2007. Esta ausência poderá fazer alguma diferença nas “contas finais” mas acreditamos que o português chegará a Bells Beach com muita força de vencer, recuperando os pontos perdidos nesta etapa. Força Saca!!!

 

Comentários

Os comentários estão fechados.