Polémica no Surfer Poll Awards…

publicado há 2 anos por 1

POLEMICA-SURFER-POLL

Um dos acontecimentos mais importantes no meio do surf dos últimos 50 anos é o Surfer Poll Awards. A revista pioneira no nosso desporto começou a fazer este concurso de popularidade em 1963 e mantêm-se como a referência até hoje.

É neste evento que o mundo do surf fica a saber quem são os surfistas preferidos do público, independentemente de tudo o que se passa na arena competitiva ou cibernética. A grande novidade do ano foi a vitória de John John  Florence sobre Kelly Slater, que dominava o concurso desde 1993 (com a excepção dos anos de 2002 e 2003, que foram vencidos por Andy Irons).

São também atribuídos prémios a categorias ligadas ao vídeo, como melhor wipeout, performance, e claro, melhor filme. O justo vencedor de 2014 desta última categoria foi o “Strange Rublimgs in Shangri La“, produzido por Joe G.

Para receber o prémio Joe levou ao palco os surfistas que apareceram no filme e foi aí que a coisa descambou. Muitos deles já estavam bastante “alegres” e agiram sem filtro ou censura. À primeira vista o momento parecia ser bastante engraçado pois Creed McTaggart “caçou” um estranho “amigo” pelo caminho e trouxe-o para o palco.

Seguiu-se o discurso de Joe G., bastante coerente e agradecido e terminou com uma espécie de aviso tipo “agora é melhor ficarmos por aqui!”. Isto porque o seu grupo se estava a tornar bastante ruidoso e descontrolado, com os primeiros palavrões a serem ouvidos nesse palco nessa noite.

Mas o grupo não queria ficar por aí. Dion Agius, visivelmente alterado, contou que a último vez que recebeu um prémio neste concurso estava sob o efeito de xanax e que disse um monte de palavrões, tal como estava a fazer desta vez. E foi aí que Noa Deane se lembrou de puxar o microfone e soltar um “fuck the WSL”, seguido de um silencio embaraçoso e mais alguns palavrões e barulho à saída do palco.

Minutos depois Noa tinha já as “orelhas quentes” e muita rapidamente a história saiu e as criticas choveram. Ao fim de algumas horas o acontecimento tornava-se viral, ao ponto que ambos os (piores) intervenientes (Dion e Noa) fizeram pedidos de desculpa públicos via Instagram que podes ler na integra AQUI e AQUi! Será que vão sofrer algum tipo de consequências pelas suas acções?

Comentários

  1. É muito lamentável coisas destas acontecerem… E sim, na minha singela opinião, estes senhores deverão sofrer consequências por não serem educados.