Os trials do Billabong Pro Tahiti já começaram mas infelizmente a história deste evento não passou só pelos tubos e qualificação para o main event.

Aparentemente, em pleno heat dos trials, depois de uma disputa por uma onda no fim de um heat o havaiano Jamie O’Brien agrediu o brasileiro Ricardo dos Santos. Este tipo de comportamento não é invulgar da parte dos surfistas havaianos, apesar de Jamie sempre ter sido visto com uma das excepções.

Ricardo ficou com o lábio inchado e não deixou de colocar no seu Instagram a imagem da sua boca “pós-ataque”. Numa questão de horas a imagem tornou-se viral e choveram comentários, quase todos a criticar O’Brien.

Algumas horas depois Jamie parece ter caído em si e procurou o brasileiro para pedir desculpa. Os dois tiraram uma fotografia e colocaram no instagram. O’Brien comentou o seguinte: “há dois lados em cada questão, um está certo e o outro está errado. Hoje eu estava errado, desculpa Ricardo”.

Mas Ricardo dos Santos não aceitou as desculpas “de bandeja” pois obrigou-o a baixar a cabeça “pelo povo brasileiro como um ser humano humilde e normal”, e comentou ainda o seguinte de seguida “Brasil, temos a nossa dignidade de volta”!

Entretanto, em entrevista à revista STAB, Jamie disse que a história estava mal contada, apontando o dedo ao brasileiro. Segundo O’Brien, Ricardo foi bastante agressivo numa disputa por uma onda no fim do heat, tendo empurrado o havaiano e dado uma cotovelada na cabeça durante a remada. Como resposta Jamie deu-lhe uma chapada durante a onda, ambos caíram e foram enrolados pela onda. Quando vieram acima supostamente foi Ricardo que perseguiu Jamie e quem deu o primeiro murro, que Jamie retribuiu!

O havaiano diz que achava que a coisa tinha ficado por aí mas que o brasileiro foi covarde não só porque fez questão que arrancar logo com uma versão sua nas redes sociais como fez que a coisa não fosse entre Jamie e Ricardo mas sim Jamie VS Brasil (ou Havai VS Brasil)! Seja o que for, foi um episódio feio que se assistiu no surf profissional entre atletas que deviam saber dar um bom exemplo… Podes ler a entrevista na STAB aqui!

(Quando se fez este vídeo sobre o que não fazer em Teahupoo, espancar adversários ainda não era um questão…)

YouTube Preview Image
Comentários

3 comentários a “O’Brien agride Ricardo dos Santos nos Trials de Teahupoo?”

  1. edu diz:

    O que eu achei interessante na versao do JOB é que ele fala que quando dropou ele sabia que estava “queimando” o Ricardo. E nesse caso, o Ricardo pode ficar bravo, reclamar e tudo mais, o lance é que o JOB usou da regra, cometeu interferencia, remou numa onda que nao era dele e phoda-se. Ou seja, existe a regra da prioridade, mas se o surfista nao quiser respeitar ele nao respeita, dropa na onda do outro, ganha interferencia. Pelo visto foi isso que o JOB fez, sabia que estava com a bateria perdida ja e quiz ferrar o Ricardo. Essa é atitute tipica de um cara que nao sabe competir, nao sabe perder. Agora cabe a ASP fazer disso um exemplo pra mostrar pros outros competidores que existe consequencia quando se usa da regra de forma anti-esportiva.

    O que rolou durante a remada e depois fica dificil de saber, ja que cada um diz uma coisa. O historia do Jamie esta mais detalhada, quero ver o Ricardinho contar a dele detalhe a detalhe tambem.

    E a pergunta que nao quer calar é: cade as imagens? Desde quando 4 surfistas top vao pra agua em chopes e ninguem filma?

    fala serio!

    aloha galera
    boas ondas

  2. Paulo diz:

    Muito interessante o viés da reportagem, orientando o público à uma suposta agressividade do brasileiro. Ora, todos conhecem o comportamento infantil, arrogante, prepotente e doentio de JOB; não obstante ser um grande surfista. Quem já teve oportunidade de vê-lo em outros países sabe do que estou falando. Perece que tem gente na revista que quer ser bem recebido nas ilhas…

    • Oi Paulo, sem ter estado no local para ver em primeira mão o que aconteceu não podemos não reportar todas as informações que nos chegam, de ambos os lados, não tomando partidos…