Nicolau Von Rupp junta-se ao Team MOCHE

publicado há 2 anos por 0

NIC-VON-RUPP-NO-TEAM-MOCHE

A melhor equipa portuguesa de surf acabou de ficar ainda melhor. A marca MOCHE já contava com quase todos os grandes nomes do surf nacional, como Tiago Pires, Frederico Morais, Francisco Alves, Vasco Ribeiro, Teresa Bonvalot e Carina Duarte. Estes seis surfistas dominam quase todos os eventos profissionais de surf em Portugal e dão cartas a nível internacional mas recentemente juntou-se mais um grande nome, Nicolau Von Rupp, o mais mediático surfista português na actualidade. Para saber mais a ONFIRE contacto-o e fez-lhe uma pequena entrevista para ficar a saber todas as novidades!

Nicolau sabemos que tens um patrocínio novo…
É verdade, juntei-me ao MOCHE recentemente, estou muito contente por me juntar a esta equipa. Já andávamos a falar há algum tempo e agora aconteceu!

O teu convite para te juntares ao team em Marrocos foi um bónus de contratação?
Sim, recebi a notícia que iria passar a fazer parte do MOCHE Surf Team uns dias antes da viagem. Andava de um lado para o outro, estive na Irlanda, depois fui directo para Barcelona, depois segui para Marrocos, foram umas semanas intensas mas foi óptimo fazer uma viagem em equipa. Normalmente as viagens que eu faço são todas em cima da hora, muito desconfortável às vezes, e foi bom ter ido para Marrocos e ter sido tão bem tratado! Estou um bocado magoado no joelho mas estava com pica para ir! Acabou por ser um óptimo treino para a etapa de Ribeira D’Ilhas!

NIC-VON-RUPP-NO-TEAM-MOCHE1

Quais são os teus planos para os próximos tempos?

Neste próximo fim de semana começa a Liga MOCHE, por isso vou competir nessa etapa. Estamos a começar a entrar na época competitiva, é uma altura para treinar e começar a “afinar” as pranchas pequeninas para as provas que se seguem.

Este ano vais te dedicar mais a competição ou free surf?
Estou a fazer o que fiz no ano passado, dedicar-me ao free surf durante o Inverno e depois focar-me nos campeonatos na época competitiva.

E essa lesão no joelho, como aconteceu?
Foi na Irlanda, apanhámos umas bombas nessa viagem. Fiz uma sessão em Mullaghmore em que rebentei com todos os meus limites. Nunca me tinha posto numa situação daquelas. Lixei o  ligamento externo mas já estou a recuperar.

Ouvimos dizer que arriscaste bastante nessa sessão…

Sim, foi lindo. Acho que o meu material não estava no meu melhor, dei um airdrop de seis metros e aterrei e se tivesse a prancha certa tinha sido a melhor onda da minha vida. Foi incrível. Despertou novamente aquele bichinho de andar à procura deste género de ondas, no próximo Inverno acho que me vou dedicar 100% àquela onda! No dia certo tem de ser uma das melhores ondas de remada do mundo.

(O My Road de Nicolau Von Rupp)

Comentários