Nasceu o primeiro Museu do surf português

publicado há 10 meses por 0

NASCEU-O-PRIMEIRO-MUSEU-DO-SURF

No passado dia 28 de Janeiro de 2016 foi constituída a Associação da História e do Museu do Surf (AHMS), associação sem fins lucrativos, com sede na Avenida General Humberto Delgado, n.o 47, Loja i (na parte de superior da Loja do Lufi), Galerias do Hotel Costa de Caparica, 2825-337 Costa de Caparica, sendo a sua página oficial www.ahms.pt.

Press release:

“A recém criada associação tem como missão principal a divulgação, documentação e preservação da história do Surf em Portugal e no mundo e o objectivo de fundar o primeiro Museu do Surf em Portugal.

O acervo do Museu do Surf será formado por material técnico, objectos, imagens e/ou informação de todo o tipo, relacionados com o Surf e modalidades afins.

Esse material, nomeadamente pranchas, poderá ser propriedade da Associação ou fazer parte de colecções particulares, sendo cedido por empréstimo, bastando para o efeito contactar a AHMS através do endereço de correio electrónico: ahmsurf@gmail.com.

A documentação e investigação será uma constante da Associação, através da autenticação e complementação histórica do espólio existente, procura de itens de interesse e troca de informação ou peças com museus estrangeiros.

A AHMS promete animar as praias, de forma autónoma ou em parceria com os diversos Clubes de Surf, organizando eventos de carácter revivalista que fomentem o contacto entre surfistas de diversas gerações, com recurso a réplicas e/ou material técnico antigo.

O Museu do Surf tem inauguração marcada para o dia 26 de Março de 2016, integrada no Festival Caparica Primavera Surf Fest, e funcionará no piso superior da Loja do Lufi (localizada ao lado do Hotel da Costa de Caparica), com entrada gratuita ao público.

O projecto associativo reúne nomes como João Boavida, João Moraes Rocha, Luís Filipe Bento (Lufi), João Ferreira, Filipe Baptista, Artur Alves, Nuno Alves, Ricardo Cruz Pita, Pedro Silva, Miguel Pedreira, Vera Azevedo, Marc Correia, entre outros, e visa, a médio prazo, a obtenção de um espaço físico maior, que permita acompanhar o crescimento do espólio do Museu do Surf. A AHMS conta com o apoio da Câmara Municipal de Almada, da Junta de Freguesia da Costa de Caparica, Federação Portuguesa de Surf e da Red Bull.”

tags:

,

Comentários