MOCHE Rip Curl Pro Portugal | Pires vs Otton | As estatísticas

publicado há 2 anos por 0

tiago-pires-vs-kai-otton-MRCPP-2014

Tiago Pires ficou muito perto de passar directamente para o round 3 do MOCHE Rip Curl Pro Portugal, mas a vitória acabou por lhe “escapar entre os dedos”.

No entatno o surfista português ainda terá uma segunda oportunidade de passar à fase seguinte, se passar o seu heat no segundo round da prova. O seu adversário é um surfista que conhece bem e que venceu este prova em 2013, Kai Otton.

Tiago e Kai defrontaram-se pela primeira vez em 2012, num heat do round 2 do Billabong Rio Pro, na Barra da Tijuca, Brasil. Saca já tinha feito uma nota excelente no round 1, apesar de ter sido relegado para a repescagem. O heat entre os dois foi muito fraco mas o surfista da Ericeira mostrou-se superior, vencendo e avançando, eventualmente, até aos quartos de final, batendo também Owen Wright, Jordy Smith e Michel Bourez, saindo do Brasil na 13º posição do ranking.

Mas poucos meses mais tarde Kai conseguia equilibrar as estatísticas entre os 2, novamente num heat do round 2, desta vez no Hurley Pro Trestles, nos EUA. Foi um heat bastante polémico em que o português surfou muito bem, mas os júris acharam que Kai tinha sido superior, atribuindo a média de 16,50 contra 16,27, um resultado que pareceu injusto para muitos.

Logo na etapa seguinte, o Quiksilver Pro France, a história repetia-se pois os dois encontravam-se novamente no round 2. Desta vez Tiago surfou bem mas Kai Otton fez um dos melhores heats da sua carreira, acabando com o total de 19.50 e a vitória.

Foi em 2014 que se voltaram a encontrar num heat man-on-man do round 2  do Quiksilver Pro France. As longas direitas em Hossegor pareciam favorecer o surf de Pires, mas Otton conseguiu apanhar as melhores ondas e acabou por vencer com a média de 13 contra 11.10.

Foram 4 confrontos man-on-man em 3 anos e neste momento Kai Otton leva a vantagem de 3-1. Mas Tiago poderá recuperar terreno quando o MOCHE Rip Curl Pro Portugal regressar! Fica atento!

 

Comentários