Juntamente com John John Florence, Gabriel Medina é o surfista mais valioso da actualidade. As marcas de surf (e não só) fazem fila para meterem mais dinheiros nos seus bolsos em troca de imagem e retorno publicitário. E, apesar de tudo, Medina tem-se mantido fiel ao primeiro patrocinador a investir a sério nele, a Rip Curl.

Mas havia sempre um “fantasma na sua prancha”, a Nike. Gabriel era patrocinado pelo gigante do calçado e muito se falava que a qualquer momento esta marca poderia tentar ficar com ele como patrocinado a 100%. E com o tipo de investimento que a Nike estava a fazer no surf, nenhuma outra marca estava a salvo.

Em poucos anos a Nike foi buscar muitos dos melhores jovem candidátos ao lugares cimeiros do ranking de cada marca. À Quiksilver a Nike “tirou” Julain Wilson e Michel Bourez, à Billabong Kolohe Andino e Filipe Toledo, Nat Young à O’Neill, Carisa Moore à Roxy, and so on.

Mas, este que caminha para ser o primeiro brasileiro campeão mundial da ASP, continuava fiel à Rip Curl, mantendo sempre a Nike como patrocinador secundário (só sapatos). E quando a “BOMBA” caíu no team Nike no mês passado, e todos os patrocinados passaram para outra marca do grupo, a Hurley, ficou provado que a fidelidade à sua marca principal foi a aposta certa. Não substimando o previlégio que é fazer parte da equipa Hurley, a verdade é que com este número recorde de surfistas dentro do WCT (9), todos eles vão andar “às cotoveladas” para sobressair dentro da equipa.

E enquanto o team Hurley mantem a Nike como “shoe sponsor” quase na totalidade, Gabriel Medina abandona o mesmo. Apesar de ainda não haver muita comunicação nesse sentido, já é certo que o brasileiro saiu da equipa e assinou com a Rip Curl Footwear! E é garantido que vamos ver estes sapatos muitoas vezes em cima do podium!!!

YouTube Preview Image
Comentários

Um comentário a “Medina sai da Nike e assina com Rip Curl Footwear”

  1. Esqueceram de mencionar que Alejo Muniz também saiu da Quiksilver e foi contratado pela a Nike.