Converting waste into want é o lema do concurso da Vissla em associação com a Surfrider Foundation, “Creator & Innovators Upcycle”. O intuito é desafiar os shapers a usar materiais que iriam para o lixo para fazer algo que pode ser usado no oceano.

Em 2016, a MATTAshapes criou uma prancha com garrafas de plástico, pacotes de leite, caixa de papelão, Caixa EPS, jornais, fibra do lixo e resina usada. Essa prancha foi uma das 4 finalistas a nível mundial e foi enviada para os EUA para a exposição. Podes ver o processo AQUI!

Para a edição de 2017 Nuno Matta obteve a inspiração num mercado de comida típica portuguesa, onde encontrou uma bolsa de serapilheira. De volta à fábrica, ele juntou-a às sobras de bloco EPS e à resina epóxi biobase para criar esta nova prancha a partir de resíduos.

O resultado final foi incrível e Nuno Matta convidou o team rider, Guilherme Ribeiro, a experimentar a prancha. Após a sessão Guilherme ficou muito surpreso: “Não posso acreditar no surf que fiz com uma prancha feita a partir de resíduos, a prancha é um pouco mais pesada, mas o flow na onda é incrível”. “Como membro da Sustainable Surf Organization, tenho o objetivo de divulgar a palavra para a proteção dos Oceanos, comentou Nuno Matta.

 

guilherme-ribeiro

 

“Assim, por exemplo, todas as nossas pranchas de surf com a construção da SMARTech possuem um rótulo de “Sustainable Surf ECOBOARD”, que garante que todas as prancha de surf SMARTech seguem um método ecológico aprovado pela “Sustainable Surf Organization”. Este tipo de concursos fazem todo o sentido para todos na MATTAfactory, e é bom ver o compromisso e envolvimento de todos os nossos colegas de trabalho para este concurso “.

 

 

Comentários

Deixe uma resposta