Uma análise dos melhores surfistas do mais importante circuito português de surf, a Liga Moche.

16º lugar – João Kopke
Idade: 18
Local: Carcavelos
Resultados dos últimos anos: 2012/NC* – 2011/14º – 2010/20º – 2009/34º – 2008
*Não competiu

Depois de entrar no top da Liga ao 16 anos, sem grande dificuldade, João Kopke prometia usar este circuito como um degrau para objectivos maiores mas o que se seguiu era bastante imprevisível. Devido a uma lesão ficou fora de água durante grande parte do ano e por consequência fora dos circuitos e do olho do público. Em 2013 foi o ano do regresso de Kopke, mas foi também um ano de grandes mudanças sendo que as mais relevantes foram a mudança de patrocínios (para a marca O’Neill e pranchas Polen) e de treinador (para a Surf For Life).

No circuito mais importante que corre, o Pro-Junior Europeu, tirou vários bons resultados e mostrou potencial para crescer muito nos próximos anos enquanto que no Esperanças foi “Rei e Senhor”, vencendo a categoria de sub18 com quase 1.000 pontos de vantagem para o segundo classificado.

Já na Liga MOCHE, Kopke foi talvez o surfista que mais heats perdeu por diferenças de pontos mínimas. A sua presença nos quartos de final man-on-man na etapa de Peniche salvou-lhe o ano, garantindo-lhe assim o 16º lugar, empatado com Ivo Cação.

A grande diferença no seu surf este ano foi mesmo no free surf pois Kopke regressou com uma maturidade e um surf muito superior ao que nos tinha habituado antes de “desaparecer”. As suas rasgadas soltam mais água, o seus aéreos são mais abusados e o backside continua a ser uma arma muito importante do seu “arsenal” de manobras.

O que esperar de João Kopke em 2014:

É quase certo que comece a escalar o ranking e se não tiver mais algum imprevisto poderá atacar o top10.

Mais sobre João Kopke.

Comentários

Os comentários estão fechados.