Esta é uma etapa marcante no calendário do surf nacional uma vez que serão também assinalados os 20 anos da Associação Nacional de Surfistas.

Em 2017, a luta pelos títulos nacionais tem estado ao rubro. Na categoria masculina, contam-se já três vencedores diferentes nas três etapas realizadas, deixando Tiago Pires numa liderança do ranking nacional que, apesar de ténue, merece destaque. No feminino, a competitividade também tem sido nota presente, contudo, o destaque maior vai para Teresa Bonvalot que, depois de estar afastada dos lugares cimeiros em 2016, lidera o ranking nacional feminino com já duas vitórias em seu nome este ano. A surfista de Cascais chega a Sintra num bom momento de forma, visível após ter conseguido o seu segundo título europeu júnior consecutivo.

“Estou a sentir-me bem e tenho apanhado o mar ideal para treinar para as competições de Verão, em que as ondas costumam estar mais pequenas. Estou confiante, sinto-me bem e estou a fazer o que gosto. Toda a gente gosta de ganhar campeonatos, contudo, perder também faz parte da vida de um atleta. É assim que se aprende e fica mais forte para os campeonatos seguintes. Estou motivada para competir na Praia Grande. Espero que tenhamos boas ondas e que seja mais um grande evento com muito sol e pouco vento!” afirma a surfista líder da categoria feminina da Liga.

As ondas de verão da Praia Grande serão, então, o palco ideal desta etapa que vai marcar também a agenda desportiva da região, como explica Rui Pereira, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Sintra.

“É com enorme satisfação que Sintra e a Praia Grande recebem entre 14 e 16 de julho, pelo terceiro ano consecutivo, uma etapa da principal competição do Surf nacional – 4ª etapa da Liga MEO Surf 2017. A Praia Grande, palco de alguns dos momentos mais marcantes do surf nacional e local de iniciação de alguns dos grandes campões de surf, como João Macedo e Nic Von Rupp, é hoje o local de treino de cada vez mais surfistas e de escolas de surf. O compromisso da autarquia é de manter Sintra no calendário dos grandes eventos de mar, mas também criar condições para acolher cada vez mais surfistas durante todo o ano. Sejam bem-vindos a Sintra!”.

Uma nota adicional para o facto do Município de Sintra atribuir um prémio de 1.500€ a para os melhores surfistas locais em prova, sendo este um fator de interesse e motivação para os grandes valores no Surf oriundos da região.

A par da disputa dos títulos nacionais, será também na Praia Grande que serão encontrados os vencedores da Allianz Triple Crown 2017, troféu interno da Liga que atribui ao vencedor global das etapas com naming Allianz um prémio no valor de 6.000 euros a repartir pela categoria masculina e feminina. Actualmente, Tiago Pires lidera a corrida no masculino, sendo que Teresa Bonvalot e Carol Henrique estão em igualdade de pontos no feminino.

“O Surf é um desporto que continua intimamente ligado à Marca Allianz e que cada vez mais Portugueses praticam. A etapa de Sintra encerra o Allianz Triple Crown, uma das joias da coroa do Surf Português e que muito orgulha a Allianz Portugal. Esperamos uma grande afluência de publico a esta mítica praia e acima de tudo um óptimo espectáculo de Surf” afirma Gonçalo Oliveira de Melo, Director de Market Management e Comunicação da Allianz Portugal.

Com todos os condimentos que tornam o Allianz Sintra Pro numa etapa tão atraente, esta ganhará anda mais dimensão com a sua transmissão na televisão, em direto e na íntegra. O canal MCS Extreme, um exclusivo MEO, vai transmitir toda a acção da quarta etapa da Liga MEO Surf, no que é um novo passo no amadurecimento da principal competição nacional de surf.

Comentários

Deixar uma resposta