Por norma, quando um filme de Hollywood retrata o surf, ou surfistas, o nosso desporto fica mal visto. O facto de se assumir que palavras como “dude”, “bro” e “awesome”, entre outras, substituem o vocabulário normal dos praticantes nunca ajuda e o surfista é quase sempre visto como o “tanso” do grupo.

Há excepções, como o clássico “Big Wednesday”, o recente “Chasing Mavericks” e ainda “Surf’s Up”, produções que conseguiram captar relativamente bem o espírito do surf. Outros, como “North Shore” (Desafio no Havai) e ” Point Break” (Ruptura Total), ficaram no limite entre o bom e o mau. No caso de “Point Break, já se falava há muitos anos de uma possível sequela deste filme, apesar de uma das duas personagens principais já ter falecido, Patrick Swayze.

Na verdade a personagem de Patrick também tinha falecido no filme, e um regresso teria sido bastante duvidoso. No entanto, outra ausência acabaria por colocar em causa ainda mais a produção desta sequela. O outro actor principal, Keanu Reeves, simplesmente recusou fazer parte novamente do filme. Em entrevista à BBC Keanu comentou que não só não faria parte como alguns filmes deveriam ter uma clausula de “remake”.

Depois do lançamento deste filme a carreira de Reeves arrancou, tendo sido o actor principal de muitos grandes filmes, inclusivamente a trilogia “Matrix”. Talvez por isso o actor norte-americano tenha capacidade de dizer que não a papeis como este, dando assim a “facada final” ao regresso deste filme aos cinemas.

 

YouTube Preview Image
Comentários

Os comentários estão fechados.