Jordy Smith: mais cinco anos com O’Neill

publicado há 4 anos por 0

Jordy-Smith-ONeill

O fenómeno sul-africano, Jordy Smith, irá continuar a usar o logótipo da O’Neill no bico da sua prancha durante mais cinco anos, mantendo-se assim esta marca o seu patrocinador principal.

Jordy Smith entrou para a elite do surf mundial, o WCT, em 2008, exatamente no mesmo ano em que um outro prodígio do surf mundial o fazia, o americano Dane Reynolds. Ambos estes surfistas eram apontados como os grandes nomes do surf, aqueles que iriam dominar o desporto (e o WCT) durante largos anos. Os próprios media de surf construíram alguma rivalidade entre os dois, talvez querendo que a “rivalidade” Kelly Slater x Andy Irons tivesse um legado. A discussão sobre quem seria melhor ou sobre quem seria campeão do mundo primeiro parecia não ter fim mas o passar dos anos acabou por mostrar que aquilo que alguns dos maiores especialistas sobre surf ditavam não se viria a concretizar.

Indiscutivelmente, tanto Jordy como Reynolds continuam a ser dois dos melhores surfistas do mundo mas neste momento partilham apenas mais uma coisa em comum: nenhum deles alcançou um título mundial. Actualmente os seus caminhos são diferentes, enquanto Jordy continua a perseguir o objetivo de ser campeão do mundo (e que acreditamos que irá acontecer nos próximos cinco anos), Reynolds largou a competição dedicando-se ao free surf e aos vídeos (e pontualmente competindo).

Para a maioria é inegável que para se ser considerado o melhor surfista do mundo este deve ter de mostrá-lo não só no free surf como em competição. E Jordy Smith segue esse caminho. Os seus clips de free surf são alucinantes, e o sul-africano é daqueles surfistas que em competição aplica na maioria das vezes a atitude de surfar um heat como no free surf, deslumbrando o mundo com performances inesquecíveis.

Desde os seus 19 anos que Smith é patrocinado pela gigantesca O’Neill e pelo meio, além da qualificação para o WCT, Smith alcançou feitos como vencer duas etapas do WCT (em sua casa, Jeffry’s Bay). Foi ainda uma das estrelas de surf do filme “Modern Collective” em 2009, e lançou, recentemente, o seu próprio filme, “Bending Colours”, o qual foi nomeado para “Filme do ano” no SURFER Poll de 2012, entre inúmeros outros feitos.

Em nada seria de admirar que esta parceria triunfante entre a O’Neill e Smith não continuasse, e a confirmação disso mesmo surge agora com a renovação, por mais cinco anos, do contracto de Smith com a O’Neill. Com a saída de John John Florence da O’Neill, Smith continua assim a ser o surfista da O’Neill que mais hipóteses terá de alcançar o derradeiro título do surf mundial, o de campeão do mundo!

O ano competitivo de 2013 está prestes a começar (em Março na Austrália), e Jordy Smith tem “treinado e surfado muito”, além de ter “reflectido sobre 2012” e ter “mudado algumas coisas”. Aliás, Smith assume mesmo que o seu “objectivo nos próximos cinco anos é ganhar um título mundial e que irá meter todo a sua força nisso mesmo!”.

 

Comentários