O ISA World Surfing Games é o evento que decide os campeões mundiais por equipas, além de atribuir também títulos mundiais.

Press release:

“A selecção nacional de surf está de partida, no início do mês de Agosto, para a Costa Rica. Os seis atletas que vão representar Portugal na mais importante prova internacional de selecções de surf Open, o ISA World Surfing Games, irão competir com mais de 27 selecções que estarão representadas pelos melhores surfistas da actualidade.

Carol Henriques, a atleta que já ganhou três etapas na Liga Moche, e Teresa Bonvalot, de 16 anos e que, em 2015, já tinha integrado a selecção nacional que foi vice-campeã do mundo na mesma prova realizada na Nicarágua, serão as caras femininas que representarão as cores da bandeira nacional na praia de Jacó, no mês de Agosto. Já na categoria masculina, Eduardo Fernandes, Filipe Jervis, Guilherme Fonseca e Pedro Henrique foram os surfistas eleitos.

Estes são os nomes oficiais daquela que será a Selecção Nacional de 2016 e que irão surfar por um desporto que foi pré-selecionado, no passado mês de Junho, com a votação pelo Comité Olímpico, para integração nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

“A entrada do surf nos Jogos Olímpicos certamente trará mais notoriedade e maior relevo para a modalidade. E, para os atletas, serão novas perspectivas e objectivos nas suas carreiras” evidencia João Aranha, Presidente da Federação Portuguesa de Surf.

Ainda, na perspectiva de alcançar a melhor classificação na Costa Rica, os membros da Selecção Nacional, liderada por David Raimundo, preparam-se para viajar para o local do mundial com saída de Lisboa no dia três de Agosto.”

Fica a conhecer o historial da selecção portuguesa em evento da ISA AQUI!

(A selecção nacional de 2015, na Nicarágua)

Comentários

Os comentários estão fechados.