Derek Rabelo em Portugal | Surfista Cego | Slideshow

publicado há 2 anos por 0

A história de Derek Rabelo já é bem conhecida pelo mundo fora. Este jovem brasileiro nasceu 100% cego, mas não deixou que a sua deficiência visual o impedisse de levar uma vida bem preenchida.

Foi aos 16 anos que tudo mudou, na Praia do Morro, no Brasil. Rabelo já frequentava a praia regularmente mas um dia meteu conversa com o dono da uma escola de surf local, mostrando interesse em aprender. Ambos aceitaram o desafio e sem grandes dificuldades iniciou-se no surf.

Apesar das suas aparentes limitações Derek foi sempre muito bem acompanhado, evoluindo rapidamente ao ponto de ganhar interesse em competir em provas estaduais de surf. Esse sonho não foi possível realizar mas Rabelo não parou de criar novos objectivos para si próprio. Quando chegou ao Havai e quis surfar pipeline, uma das ondas mais perigosas do mundo, ganhou admiração de muitos dos melhores surfistas do mundo, onde se incluem Kelly Slater e o “heavy local” havaiano Makua Rothman.

Rothman foi o seu “guia” na água na primeira sessão em pipe, ajudando o brasileiro a apanhar várias ondas neste pesado reef break. A partir daí Derek,, cujo nome foi inspirado no havaiano campeão mundial em 1993 (Derek Ho), não parou mais, continuando a puxar os seus limites em ondas pesadas e a praticar tow in.

A sua história é tão inspiradora que deu origem a um documentário, Beyond Sight, lançado em 2014. A convite da associação Christian Surfers Portugal, Derek incluíu Portugal na sua “tournée europeia”, chegando ao nosso país este Setembro para apresentar ao seu filme, que encheu uma sala de cinema como poucos outros filmes de surf o fizeram.

E claro, Derek não deixou de aproveitar para ficar a conhecer as ondas portuguesas, surfando inclusivamente num dia “crowdeado” na Praia do Guincho e ainda locais como a Nazaré, entre outros.

Com ajuda do seu amigo Magnum Oliveira, bodyboarder profissional, que o acompanha sempre na água, Rabelo fez umas ondas e mostrou muita atitude e coragem.

Photos by thejonasjourney.com

Comentários