Grandes resultados competitivos são, em muitos casos, sinónimo de grandes patrocínios. Mas não para todos. Em Portugal são muitos os exemplos de grandes surfistas que têm o bico da prancha sem logótipo e Carol Henrique, até recentemente, era um deles.

Carol nasceu e cresceu no Brasil onde já era considerada como um dos talentos da sua geração mas eventualmente emigrou para o nosso país e ao fim de alguns anos conseguiu a nacionalidade portuguesa e passou a competir por Portugal na WSL e ISA. Carol tem um curriculum impressionante, onde se inclui o título campeã da Liga MEO Surf de 2016 e a honra de ser a primeira (e única até hoje) surfista a vencer uma etapa do QS feminino por Portugal.

Felizmente recentemente foi finalmente recompensada pelo seu valor como surfista, sendo contratada pela marca Hurley! Foi via Instagram que Carol comunicou a sua contratação, comentando inclusive que estava “ainda mais motivada para continuar a perseguir os seus sonhos”!

Esta contratação não é a única novidade no que toca a patrocínios. Guilherme Ribeiro, um dos grandes talentos da nova geração, fazia parte da “família O’Neill” há 4 anos e agora renovou com a casa internacional da marca. Não sendo um novo patrocínio, esta contratação pela O’Neill Internacional confirma o valor deste grande surfista que já conta com diversos títulos nacionais e alguns resultados internacionais.

Entrando no mundo das ferramentas mais essenciais para qualquer surfista evoluir as pranchas, a marca Semente contratou recentemente Camilla Kemp, uma das melhores surfistas de sempre do nosso país, enquanto que a ORG juntou Francisco Duarte ao seu (cada vez mais forte) team!

Comentários

Deixe uma resposta