Miguel Blanco é um dos convidados na categoria de surfistas profissionais do Prio Softboard Heroes, um evento inédito cariz solidário, que se realiza em Santa Cruz no dia 16 de julho. O facto de ser realizado 100% em pranchas softboard faz de Blanco um dos grande favoritos à vitória, devido à sua experiência acima da média com esse tipo de pranchas. Falámos um pouco com o 2x campeão nacional para saber mais sobre as suas expectativas para o evento, entre outros temas…

 

Sabemos que fazes parte do line up do Prio Softboard Heroes, como está a tua experiência a surfar com softboards?
Sim, claro que estou habituado a surfar de softboard, eu venho de São Pedro do Estoril e sempre gostei de surfar ondas alternativas e pranchas alternativas. Até tenho três softboards, uma maiorzinha, 7’0”, depois tenho uma 5’6” e uma 5’2”, portanto sinto-me bem e é apenas fun, uma pessoa não está a pensar em levar as manobras até ao limite, tentas surfar mais no flow, mais na diversão.

O que achas do formato do evento?
Gosto bastante do formato deste evento, acho que é algo diferente, que junta o surf às causas sociais, juntando surfistas e celebridades, todos por uma causa maior, divididos em equipas. Acho que é muito fixe e mostra um pouco essa amizade de todos, acho que é um pouco essa cooperação e essa ajuda de todos por um bem maior que é a mensagem do evento.

O objectivo é sempre ganhar ou vais mais para te divertires e contribuir para esta causa?
Claro que vou para me divertir, é o principal, divertir e contribuir para esta causa, e lá meio, se calhar, se houve um daqueles momentos que puxa um pouco pela competição, tentar fazer a minha parte. Mas vou mais para a parte da diversão.

Quem serão os teus maiores adversários?
Não sei quem são, quem vai entrar no evento. Acho que o Xico (Alves) vai entrar, se ele entrar vai ser difícil, tem um surf mais clássico e tem muito talento, vai ser divertido.

Nos últimos anos tens dividido o teu foco entre o free surf e a competição. A proporção entre os dois tem mudado nos últimos tempos tendo em conta a “nova realidade”?
Sim, realmente esta nova realidade fez-me meter muito mais energia na parte do free surf, e nos meus projectos, tanto de surf como ambientalistas. É algo que me define como surfista, não só a parte da competição. É evidente que eu tenho metido mais energia agora nisso, mas não quero dizer que não volte a fazer uns campeonatos, tenho vontade mas neste momento tenho metido mais energia na parte do free surf.

Tens feito muitas acções em defesa do meio ambiente, podes contar o que tens feito recentemente e como todos os surfistas podem dar o seu contributo?
É verdade, tenho feito várias coisas em prol do ambiente e o que posso dizer a todos é que toda a ajuda conta e se todos juntos fizermos pequenas mudanças no nosso lifestyle vai fazer uma diferença gigante a nível global. Acho que só assim vamos conseguir dar a volta a esta situação, estamos a atravessar uma crise climática e há vários factores que estão em jogo, não é só plástico nos oceanos mas também esta parte do consumismo. Se todos nós fizermos pequenas mudanças e pensarmos mais no bem comum e não tão individualmente, acho que vamos chegar lá.

Fica atento a mais novidades sobre o Prio Softboard Heroes em breve…

Comentários