Frederico Morais fala sobre o seu primeiro título da Liga Moche | Mini Entrevista + Vídeo

publicado há 3 anos por 0

MINI-ENTREVISTA-FREDERICO-MORAIS

Ao sair vitorioso do segundo heat do round 3 do Allianz Cascais Pro, última etapa da Liga Moche, Frederico Morais sagrou-se campeão da Liga pela primeira vez. Na verdade “Kikas” apenas precisava de ficar em terceiro lugar nesse heat para terminar em 9º da geral e deixar o último candidato ao título sem hipóteses matemáticas de o alcançar no ranking. À saída Morais era recebido pelos seus amigos mais próximos, família e media para festejar o seu merecido título. E menos de uma hora depois Frederico estava a responder a algumas perguntas da ONFIRE sobre a importância deste título para a sua carreira.

Frederico, acabaste de te sagrar campeão da Liga Moche pela primeira vez, como te sentes?
É um título especial para mim, é uma Liga que eu já queria ter ganho há algum tempo. Já tinha ficado muito perto pois fiquei em segundo lugar por duas vezes consecutivas e não queria deixar escapar outra vez. Acho que foi uma Liga consistente do meu lado e com bom surf e sinto-me realizado pois é um objectivo cumprido.

Sentias que tinhas este título “encravado” a caminho de objectivos mais altos?
Não porque nunca foi um objectivo de grande peso na minha carreira e acho que eu olho para voos mais altos, mas definitivamente era algo que eu queria muito.

Tinhas muito presente na tua cabeça o que era necessário para seres campeão?
Eu sabia que tinha de mostrar bom surf e era isso que eu tinha presente na minha cabeça. Não sabia o que precisava para ganhar, ao início disseram que tinha de passar dois heat, depois era mais um e basicamente foquei-me em tentar fazer bom surf.

Durante praticamente todo o ano usaste a mesma prancha “mágica”, porque não a usaste nesta etapa?
Essa prancha não é para este mar e tenho outra “mágica” para este tipo de ondas. Essa está guardada em casa e vamos ver como estará o mar em Carcavelos para ver se vai ser preciso trazê-la.

Vencer na praia que te viu crescer acrescenta valor este título?
Claro que sim, é uma praia pela qual eu tenho um certo carinho. Aprendi a surfar aqui e tinha cá os meus amigos e familiares , acho que isso é um apoio muito especial e uma vitória que dá muito gozo por ser nesta praia.

O que se segue?
Agora são os trials do WCT que é uma oportunidade que não quero deixar escapar, acho que nos pode dar muitas alegrias e queria aproveitar e dar-me bem este ano. Depois há o WQS Prime de Cascais que já está dentro dos meus campeonatos para este ano e quero tirar um bom resultado.

Sentes menos obrigação de competir na Liga para o ano que vem por teres ganho ou é igual para ti?
Não, acho que não tiro nenhum valor por ter vencido já, é uma Liga onde eu quero competir quando cá estiver, é um bom treino, vemos surfistas de outras nacionalidades e tops nacionais a competirem. Para nos mantermos no ritmo e fazer uns heats é sempre bom.

(Algumas das melhores ondas de Frederico Morais durante o Allianz Cascais Pro)

Comentários