Francisco Duarte em Mini-Entrevista

publicado há 4 anos por 2

FRANCISCO-DUARTE-MINI-ENTREVISTA-LX

O algarvio de Portimão, Francisco Duarte, foi o surfista seleccionado para aparecer na rubrica “Check Out” da nossa edição 61. Fotografado a surfar perto de Aljezur, Francisco chamou a nossa atenção em primeiro lugar pela plasticidade da imagem captada pelo nosso colaborador João Bracourt. Mas não é só no free surf que este algarvio se tem destacado, e hoje em dia é dono de um curriculum cheio de resultados sólidos. Recentemente descobrimos que estava em vias de fazer uma mudança radical em busca do seu sonho de ser surfista profissional. Tendo isso em conta a ONFIRE enviou-lhe algumas perguntas para saber mais pormenores!

Sabemos que estás em vias de fazer uma grande mudança na tua vida, podes contar o que é?
É verdade, vou sair do Algarve para viver em Lisboa!!

O que envolve esta mudança?
Esta mudança vai envolver muito a nível social, desportivo e familiar… vai envolver ainda uma mudança completa na minha rotina diária.

Quais são as grandes dificuldades para concretizar os teus objectivos no surf a partir do Algarve?
Na minha opinião é em Lisboa que tudo se passa e esta escolha foi quase uma opção “forçada” para um atleta que queira ser realmente bom. Assim terei acesso a melhores surfistas, mais crowd (com nível), fotógrafos em várias praias e ainda uma grande versatilidade de ondas num curto espaço de tempo. O facto de ir treinar para a Surftechnique vai ser óptimo, pois para além da qualidade dos treinos, acho que vai ser muito bom pela competitividade existente dentro do próprio grupo.

Quais são as vantagens de ser do Algarve?           
Eu acho que ter nascido no Algarve foi um privilégio para mim pois aprendi a surfar em ondas muito boas e com muito pouco crowd, e foi muito gratificante ser apoiado pelos surfistas mais velhos. Na minha opinião o Algarve tem todo o potencial para continuar a criar bons atletas, só acho que esse potencial podia ser melhor aproveitado, trabalhando mais a pensar no futuro. O Algarve não só tem bons surfistas como também já tem grandes fotógrafos e treinadores já com uma boa visão. Aproveito para agradecer ao Guga Gouveia, ao Bruno Freitas, Sérgio Wu e ao Francisco Canelas que foram os meus treinadores no Algarve. E ainda ao “Brek” pela boa foto que me tirou e que apareceu na ONFIRE!!

Quais são as ondas que fazes tenções de surfar mais?
Penso que irei surfar mais pelas ondas da Linha e da Costa, mas também, uma vez que agora estou mais perto da Ericeira e mesmo de Peniche, queria aproveitar para passar mais tempo a treinar nestes locais.

Quais são os teus objectivos para o futuro?
Os meus objectivos para o futuro são conseguir reunir as condições necessárias para ser surfista profissional (plano A), e ter uma boa média no final do secundário como plano B.

Queres acrescentar alguma coisa?
Sim, além de quem já agradeci queria agradecer a todas as pessoas que me tem apoiado, em especial à minha mãe, pai, irmão e resto da minha família. Aos meus patrocinadores, Reef, Creatures, Polen Surfboards, FCS e a Excel por apostarem em mim e acreditarem no meu surf mesmo sem ter resultados muito expressivos. E por último, gostava que toda a gente que me tem apoiado, que me continue apoiar da mesma forma!

YouTube Preview Image

 

Comentários

  1. Pedro Brás diz:

    uiii power