O título da Liga MEO Surf tem sido muito disputado ao longo dos anos e 2019 não será excepção. No entanto, quando começar a última etapa do circuito, o Bom Petisco Cascais Pro, apenas dois surfistas terão possibilidades de levar o título para casa.

Antes do Allianz Algarve Pro havia vários nomes ainda com possibilidades de, pelo menos, se manterem na disputa. Eram eles Vasco Ribeiro, Eduardo Fernandes, Marlon Lipke e Francisco Alves mas todos, excepto Marlon, perderam cedo e ficaram imediatamente fora da “corrida”. Lipke, a jogar em casa, podia ter mantido as suas hipóteses se os únicos dois surfistas que acabaram à sua frente na prova não fossem já os dois frontrunners do circuito, Miguel Blanco e Tomás Fernandes.

Tomás Fernandes teve mesmo duas hipóteses de se sagrar campeão no Algarve, bastava que Miguel Blanco tivesse perdido na segunda meia final da prova ou mesmo na final. Mas o que é certo é que surfista da Linha do Estoril não baixou os braços e venceu pela primeira vez este ano.

A vitória adiou a disputa para a última etapa do ano, o Bom Petisco Cascais Pro, que se realiza entre 3 e 5 de Outubro. Fica a conhecer os cenários não oficiais da disputa pelo título da Liga MEO Surf de 2019:

Se Tomás Fernandes ficar em 9º lugar ou pior mantém os mesmos 3.360 pontos no ranking e Miguel Blanco precisa de chegar à final para ser campeão da Liga MEO Surf de 2019;

Se Tomás Fernandes ficar em 5º lugar aumenta os seus pontos para 3.470 e obriga Miguel Blanco a vencer a final para ser campeão da Liga MEO Surf de 2019;

– Se Tomás Fernandes ficar em 3º lugar aumenta os seus pontos para 3.590, obriga Miguel Blanco a vencer a final para empatar no ranking e terá que ser feito um desempate;

– Se Tomás Fernandes chegar à final é automaticamente o campeão da Liga MEO Surf de 2019, independentemente dos resultados de Miguel Blanco;

Ranking (top10) após Allianz Algarve Pro
1º – Tomás Fernandes – 3.360 pontos
2º – Miguel Blanco – 3.200 pontos
3º – Marlon Lipke – 2.520 pontos
4º – Vasco Ribeiro – 2.490 pontos
5º – Eduardo Fernandes – 2.420 pontos
6º – Francisco Almeida – 2.130 pontos
7º – Sidney Guimarães – 2.060 pontos
8º – Francisco Alves – 1.940 pontos
9º – Jácome Correia – 1.890 pontos
10º – Ivo Cação – 1.790 pontos

Comentários