O circuito de qualificação de 2017 já chegou ao fim e o Championship Tour da WSL de 2018 já tem alguns nomes novos confirmados. Fica a conhecer os novos surfistas do mais importante circuito de surf do mundo!

Nome: Wade Carmichael
Idade: 25
Local: Gosford, NSW, Austrália
Patrocínios: Piping Hot, Live Vision, Farking Surf, Futures Fins, JR Surfboards

Resultados em 2017: 3º lugar Vans World Cup of Surfing (QS 10.000), 5º lugar Ballito Pro (QS 10.000), 9º lugar EDP Billabong Pro Cascais (QS 10.000), 5º lugar Azores Airlines Pro (QS 6.000), 2º lugar HIC Pro (QS 3.000)

O nome mais underground a conseguir a qualificação em muitos anos. Wade é um nome que nunca ficou mainstream apesar de ter vencido mais etapas Pro Junior que, por exemplo, Ethan Ewing. Sem grandes patrocínios nos últimos 7 anos, Carmichael era, apesar de tudo, um nome que se esperava ter entrado no CT mais cedo. Porquê? Muito simples, o seu surf faz lembrar a antiga escola australiana de Power Surf, algo que nunca saiu de moda.

Por várias vezes Wade já tinha ficado perto de se qualificar, especialmente em 2015 quando venceu o Hawaiian Pro e ficou a precisar de passar poucos heats para conseguir a entrada no Championship Tour, algo que não aconteceu. Esperava-se um ataque à perna havaina à la Frederico Morais há alguns anos mas só aconteceu em 2017. Apesar de ter um aspecto mais velho, este surfista só tem 25 anos e muita margem pela frente para progredir.

O que se deve esperar em 2018?

Wade terá um ano frio e quente, como se pode esperar de muitos rookies. Mas tem muitas etapas onde pode brilhar, como Snapper, Bells, Margaret, Jeffreys e principalmente Keramas. Tem muita experiência para ganhar mas não é um adversário que se deve substimar pois nas condições certas pode bater quase qualquer competidor correntemente no CT. Tem o que se chama um outside shot de garantir o prémio de rookie do ano, apesar de ter uma das mais fortes “turmas” dos últimos anos na disputa.

Probabilidade de ficar nos 22 primeiros do ranking de 2018: forte

Comentários