Chegou ao fim uma das disputas mais importantes do Championship Tour, a luta pelo título de rookie do ano. É um dos prémios de maior prestigio no meio do surf e apenas pode ser disputado no ano de estreia de um surfista na elite do surf mundial.

O português, Frederico Morais, tinha passado para a liderança desta disputa a poucas etapas do fim e chegado ao Pipe Masters apenas tinha que ficar à frente de Conner O’Leary e esperar que o francês Joan Duru não fosse à final. Duru acabaria por não passar do round 2 mas, infelizmente, também Kikas ficava por aí, numa bateria frente ao finalista desta etapa em 2016, Kanoa Igarashi.

O’Leary, por sua vez, tinha vencido o seu heat do round 1 no dia anterior, o que deixou os seus adversários sobre pressão. Com as derrotas de Frederico e Joan, Connor pôde respirar de alivio pois conseguiu a vitória nesta importante disputa. Este australiano, descendente de irlandeses e japoneses, era o menos “badalado” entre os rookies de 2017 mas provou que é um surfista muito completo e um nome que um dia poderá constar no top10.

O Billabong Pipe Masters continua a avançar, acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários

Um comentário a “Connor O’Leary é o rookie do ano de 2017”

  1. Fernanda Carvalhosa Calçada diz:

    Kikas, foste um excelente competidor durante todo o ano. Parabéns e obrigada por todas as alegrias que nos deste. Não dou por desperdício todas as noites que passei sem dormir… só para te ver surfar! Não és o “rookie of the year”, por 50 pontos? Não importa! Estiveste a um nível impensável no teu ano de caloiro. Agora, como muito bem disseste, tens que praticar mais, e muito, nos tubos. Por isso, no Inverno que se aproxima, espero ver-te muitas vezes em Supertubos, o lugar onde melhor os podes treinar, cá em casa! Contamos contigo por cá, em Peniche Capital da Onda! Orgulho português!!! 😊🤙
    🇵🇹️