ONFIRE 63 | Jun-Jul 2013 || 84 pág.

publicado há 2 anos por 0

A ONFIRE 63 (Junho-Julho 2013), a nossa segunda edição premium, está agora na base digital da ONFIRE para a reveres!

Esta foi a segunda edição premium que publicámos até esta altura, o que significa um papel de capa e miolo de altissíma qualidade, além dos conteúdos ainda mais de luxo no interior. A capa foi provavelmente uma das mais emblemáticas da História da ONFIRE até agora e foi “consequência” de querermos celebrar o Verão à moda ONFIRE!… Muitos pensaram que esta capa tinha sido uma montagem mas depois de verem o artigo no interior desta ONFIRE 63 (Junho-Julho 2013) assim como o vídeo deste incrível dia (podes rever aqui), perceberam que foi mesmo arte do fotógrafo da casa ONFIRE, Carlos Pinto, que passsou o dia a correr para enquadrar na perfeição os surfistas na moldura que duas deusas seguraram para este efeito.

E este, #summertrip, é um dos artigos de luxo que podes rever no interior desta edição. Tomás Fernandes, Vasco Ribeiro (que fez a capa), Pedro Boonman, Eduardo Fernandes, Francisco Alves e Miguel Blanco aceitaram o nosso desafio de passar um dia a surfar para se enquadrarem nas nossas molduras. Os Belgas foi o pico escolhido num dia com ondas de meio metro sólidas para lá de perfeitas, e num dia que até deu para surfar de calções. O objectivo era celebrar o Verão e não podíamos ter escolhido melhor dia!

Além deste artigo, podes também rever neste número especial, e logo a abrir, páginas e páginas de fotografia também elas dedicadas ao Verão! #welovesummer é o nome deste mega artigo de fotografia que te deixou de queixo caído e que agora, ao reveres aqui, te via também deixar!

No Spotlight entrámos na cabeça de um dos surfistas mais reconhecidos internacionalmente, mais pelas suas produções de vídeo e pelas suas presenças em sessões em algumas das ondas mais perigosas do mundo, do que pelos seus resultados internacionais (apesar de nesta campo também ser reconhecido). Nicolau Von Rupp é o seu nome e é se em 2013 era o mais mediático surfista europeu dessa actualidade, hoje, em 2015, continua muito provavelmente a ter esse “título”.

 

Comentários