Antes da última etapa da Liga MEO surf de 2017 chegar ao fim, ficou decidido o grande campeão da categoria masculina.

Em disputa por este título estavam incialmente 4 surfistas mas pela ausência de Tiago Pires nesta prova passou de imediato a três. Entre eles Vasco Ribeiro era claramente o favorito pois dependia apenas do seu próprio resultado enquanto Miguel Blanco e Pedro Henrique nada mais podiam fazer que vencer e esperar que o líder tivesse um “deslize” nesta etapa.

Vasco foi muito consistente ao longo do ano, com duas vitórias, um 3º e um bom resultados para descartar, 9º lugar na Figueira da Foz. Por sua vez Pedro Henrique contava com uma vitória, dois 3ºs lugares e um 17º lugar e Blanco tinha dois segundos lugares e um 5º.

De três candidatos a disputa passou para dois, quando Ribeiro venceu o seu heat do round de 16 e se qualificou para os quartos de final man-on-man. Isto porque com os 610 pontos que ganhava mesmo se terminassem em 5º lugar, Blanco nem com uma vitória conseguiria passar-lhe à frente no ranking.

As hipóteses de Pedro Henrique acabaram na fase seguinte. Vasco tinha como adversário Justin Mujica e foi muito selectivo na sua escolha de ondas, tendo apanhado apenas 3. Mas foram suficientes, o surfista de São João do Estoril ficou fez notas 6.75 e 7.25, deixando Mujica a precisar de 7.46, uma nota que não conseguiu fazer e foi eliminado.

Nesse momento Vasco Ribeiro sagrou-se campeão da Liga MEO surf pela quarta vez na sua carreira, empatando o recorde de Ruben Gonzalez. Ao mesmo tempo garantiu um wildcard para o MEO Rip Curl Pro Portugal, que se realiza em Outubro, em Peniche! Parabéns Vasco!!!

 

Comentários

Deixe uma resposta