Tubarão expulsa tops do CT do pico em Margaret River…

publicado há 1 ano por 0

TUBARAO-EM-MARGARET-RIVER

A horas de começar a terceira etapa do Championship Tour da WSL aconteceu algo que deixou os competidores reticentes sobre o primeiro dia de prova. Segundo uma notícia do site SURFLINE os competidores do tour Caio Ibelli, Wiggolly Dantas, Kanoa Igarashi, Alessa Quizon e ainda o líder do QS, Leonardo Fioravanti, estavam a fazer um fim de tarde no pico principal de Margaret quando algo assustador aconteceu.

Caio Ibelli foi o primeiro a ver um enorme tubarão a poucos metros de onda estavam a surfar e Kanoa Igarashi também confirmou ter visto. De imediato os dois começaram a gritar e poucos minutos depois o line up estava livre de “humanos”. Apesar de terem saído todos ilesos da água, o que é certo é que depois deste acontecimento o início da prova poderá ser posto em causa.

Foi há menos de um ano que Mick Fanning e Julian Wilson foram “abordados” por um tubarão em plena final do JBay Open, na África do Sul, num dos mais caricatos e assustadores momentos alguma vez captados em live streaming. Os competidores (menos 3) concordaram em voltar a competir em Jeffreys e sempre se mencionou que Margaret River era um dos locais do tour onde há mais tubarões e que poderia ser ainda mais perigoso que a mítica direita da África do Sul.

Agora confirmou-se que o factor tubarão é bem real nestz zona e alguma medida certamente será tomada antes de meter o primeiro heat na água. Curiosamente esta é a primeira etapa que Fanning falta no seu “personal year“, será coincidência?

Comentários