Taj Burrow retira-se do tour após Fiji

publicado há 1 ano por 0

TAJ-BURROW-REFORMA-SE-DO-TOUR

O australiano Taj Burrow fez uma das mais impressionantes carreiras da história do surf profissional, apesar de nunca ter conseguido o título mundial. (descobre outros surfistas que ficaram muito perto do título mundial AQUI)

Depois de 19 anos no tour Taj parece ter realizado que já concretizou quase todos os seus objectivos pessoais e que está na altura de seguir em outra direcção. Para surfistas do seu calibre fazer número no ranking não parece ser uma opção e com o título mundial cada vez mais distante e o facto de já ter a sua subsistência pós tour  garantida, Burrow anunciou durante o fim de semana que passou que irá abandonar o circuito.

Taj foi pai recentemente o pesou bastante na sua decisão de ficar em casa em vez de andar a viajar para os mesmos locais, ano após ano, à procura de pontos e será em Fiji, a sua etapa favorita, que encerra a carreira.

O ano de 2016 marca o fim as carreiras competitivas de vários surfistas de renome, e é possível que outros da sua geração façam o mesmo em breve. Mick Fanning, por exemplo, tirou um personal year, mas não é certo que regresse. CJ Hobgood anunciou a reforma no ano passado e Tiago Pires no início deste ano. Há rumores de que outros, como Joel Parkinson, Kelly Slater e Bede Durbidge estejam a ponderar sair do tour em breve.

Vale relembrar que até aos anos 90, a época em que todos estes nomes se começaram a juntar ao circuito, era vulgar ver os veteranos a abandonar o tour antes dos 30 anos, sob o risco de parecerem desactualizados frente às novas gerações.

Tudo mudou com Kelly Slater, que aos 44 ainda é um dos melhores do circuito e é 26 anos mais velho que o surfista mais jovem do tour, Kanoa Igarashi. A carreira no Championship Tour parece ter sido estendida pois são vários os competidores com mais de 30 anos ainda a competir mas, como Taj, outros interesses começam a ganhar mais relevo.

Apesar de ter largado o tour Taj deu a entender que ainda irá fazer outros projectos ligados ao surf, e tudo indica que o Fiji Pro não será a última vez que o talaentoso australiano.

Comentários