O top16 sempre foi um número referência no surf competitivo a nível mundial. Esse é o número que assinala a elite de um circuito, os cabeças de série, e estes são os “tops” do surf português.

13º lugar – Ruben Gonzalez
O recordista de títulos nacionais é o “menos jovem” do top16, mas promete dar trabalho por mais alguns anos. Ruben não tem mostrado a consistência de anos passados, mas ainda tem muito surf e muita experiência para dar trabalho às próximas gerações. O seu melhor resultado foi um 5º lugar no Porto e, caso mantenha a vontade de competir, ainda mostra potencial para voltar a subir alguns lugares no ranking.

13ruben

 

14º lugar – Dylan Groen
O ano competitivo de Dylan Groen começou sem grande destaque, mas acabou muito forte. Foi na etapa da Praia Grande, a penúltima do ano, que o surfista mais novo do top16 (16 anos) encontrou o seu ritmo competitivo, terminando com dois 5ºs lugares que lhe garantiram a primeira presença neste grupo. Apesar de não ter nacionalidade portuguesa, o que não lhe irá permitir disputar o título nacional, é provável que continue a subir algumas posições no ranking a cada ano e que um dia acabe bem perto do topo.

14dylan

 

15º lugar – Pedro Coelho
Pelo segundo ano consecutivo Pedro Coelho termina dentro do top16, mais precisamente na 15º posição no ranking. Foi um ano de muitos campeonatos para o surfista de S. João do Estoril, que competiu em todas as etapas do QS que conseguiu e, apesar de ainda não ser visível nos seus resultados, a aposta pode dar frutos muito em breve.

15coelho

 

16º lugar – João Moreira
João Moreira tem estado a ameaçar dar um salto competitivo há alguns anos e a temporada de 2016 pode ter sido o início. Logo em Ribeira D’Ilhas, Moreira mostrou uma solidez e maturidade diferente, arrancando o ano com um 9º lugar. Seguiu-se uma bom início no circuito Pro-Junior europeu e apesar de ter passado algum tempo lesionado, acabou bem, entrando pela primeira vez no top16 com apenas 17 anos.

16moreira

Fica a conhecer o resto dos top16 brevemente em www.onfire.surf!

Comentários

Os comentários estão fechados.