Os favoritos à vitória do Allianz Ericeira Pro | Liga MEO Surf 2017

publicado há 2 meses por 0

os-favoritos-a-vitoria-do-allianz-ericeira-pro-2017

Mesmo com Frederico Morais “fora do baralho” pelas melhores razões possíveis, a primeira etapa da Liga MEO Surf 2017 continua a ser uma das mais competitivas do ano. Tradicionalmente o Allianz Ericeira Pro é o palco de muitas revelações e grandes mudanças de guarda mas, para 2017, os favoritos são os seguintes…

Os Favoritos
À semelhança da prova de 2016, Vasco Ribeiro é novamente o grande favorito para arrancar na “pole position” da Liga MEO Surf. Porquê? Fácil, o surfista de S. João do Estoril apenas competiu em 5 das últimas 6 provas mas foi à final em todas. Precisamos de lembrar que foi nesta praia que Ribeiro conquistou o título mundial júnior? E vale apena acrescentar que o outro finalista dessa prova (que acabou combinado) foi nada mais, nada menos, que Ítalo Ferreira, que seria rookie do ano do Championship Tour no ano seguinte? Vasco Ribeiro e Ribeira D’Ilhas têm uma ligação especial e o seu surf sobressai mais que em qualquer outro pico, fazendo dele o principal favorito.

Quem é o outro surfista com uma ligação especial a Ribeira D’Ilhas? Ah, sim, TIAGO PIRES! Duas vitórias em etapas do QS, duas vitórias Pro Junior, a sua estreia numa final do circuito nacional, aos 16 anos, a sua estreia no primeiro lugar do mesmo circuito e muitas incríveis performances ao longo dos anos no pico colocam-no muito perto do favoritismo do surfista de quem é manager, Vasco Ribeiro. No seu regresso à Liga, “Saca” bateu Frederico Morais e Vasco Ribeiro nas meias finais e final, mostrando que era, e é, muito perigoso. O seu rail game é bem valorizado e, aliado ao seu conhecimento da onda, deverá fazer dele um adversário a ter em conta por qualquer surfista em prova.

O “darkhorse”
Zé Ferreira é o darkhorse pelo surf que tem mostrado neste pico ao longo dos anos. O seu surf de linhas limpas e manobras fortes também é sempre um dos grandes destaques desta prova e ninguém ficaria surpreendido se o local do Guincho fizesse em Ribeira D’Ilhas a sua primeira vitória. Ferreira já andou perto, já bateu Tiago Pires, já teve Vasco Ribeiro (temporariamente) combinado na final e acabou bem o circuito no ano passado. Sair da Ericeira com a lycra amarela poderia lançá-lo numa disputa pelo título da Liga MEO Surf, do qual tem potencial de sair vencedor.

Outros nomes a ter em conta:
Gony Zubizarreta é o campeão em título da prova e do circuito e um dos mais perigosos surfistas em Ribeira. No passado fez finais Pro Junior e QS e é um dos surfistas do top16 que reside mais perto do pico. Para ser derrotado os seus adversários vão ter de fazer o seu melhor surf e mesmo isso poderá não ser suficiente.

Pedro Henrique é o campeão nacional e também já teve sucesso nesta prova tanto no QS como na Liga. Na etapa de 2016 mostrou que tem surf para vencer e a vitória só pode ser o seu único objectivo.

Tomás Fernandes tem em Ribeiro D’Ilhas a sua principal oportunidade de vencer uma etapa. O seu sucesso no passado prova que o consegue fazer e se estiver focado é outro nome com fortes hipóteses de sair da “sua terra” na “pole position”.

O Allianz Ericeira Pro começa dia 24 de Março, em Ribeira D’Ilhas, acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários