A “biblioteca” da WSL é bastante recente, com apenas 7 anos de “profunidade” no youtube. No entanto, nesses curtos anos, foram colocados milhares de vídeos, e estes são os 5 com mais visibilidade entre todos eles.

5º – O “Flip” de Gabriel Medina no Oi Rio Pro de 2016

Com surfistas como Gabriel Medina, John John Florence, Julian Wilson, Filipe Toledo e muitos outros no CT o circuito passou a ter manobras que antes seriam os destaques dos melhores filmes de surf. Este incrível backflip de Medina foi nota 10 e foi cerca de 560k vezes.

4º – A final entre John John Florence e Kelly Slater no Billanong Pro Tahiti de 2016

O melhor de todos os tempos VS o melhor da actualidade na melhor onda do tour? Quem poderia resistir a ver e rever este heat? O heat foi dos melhores do ano e Kelly Slater ganhou mas quem realmente ganhou foi o publico. Este vídeo foi visto 877k vezes.

3º – O aéreo de Kelly Slater no Hurley Pro de 2015

Uma manobra que dividiu a opinião do publico. Muitos consideraram que foi uma queda bem recuperada, outros acharam que foi a das manobras mais impressionantes de sempre no tour. O debate levou a que o vídeo fosse visto mais de um milhão de vezes, mais especificamente 1.195.M.

2º – O tubo de CJ Hobgood em VR 360º

A “era da Samsung” na WSL prometia introduzir muitas novidades tecnológicas, algo que nunca chegou a acontecer. Este vídeo produzido por Taylor Steele e captado em 360º foi uma das raras excepções e teve cerca 18 milhões e 600K views.

1º – O shark attack durante o JBay Open de 2015

Por muito pouco o mundo não viu Mick Fanning a ser comido por um tubarão em directo. Há quem diga que não foi realmente um ataque mas tudo o que envolva tubarões e surf tem grandes audiências e este “episódio” que nunca será esquecido na história do tour bateu todos os recordes com mais de 24 milhões de visualizações!

Comentários

Os comentários estão fechados.