Se há uma coisa que todos os surfistas têm em comum é o gosto por viajar e conhecer ondas novas. E se o surfista “comum” normalmente tem alguns carimbos no passaporte, o surfista profissional típico conhece melhor os “4 cantos” do mundo. João Guedes tem representado o Norte de Portugal um pouco por todo o planeta e a ONFIRE desafiou-o a partilhar os seus 5 destinos preferidos…

5º – Namíbia

Este primeiro confesso que só fui uma vez, mas entrou logo como dos spots que mais gostei de estar até hoje para surfar. O país em si confesso que me surpreendeu muito pela positiva pois deve ter sido dos locais mais civilizados que estive até hoje em África. Mas a escolha deste local é única e simplesmente por causa da onda que ali existe, Skeleton Bay. Para mim, que sou goofy e que vivo em busca dos melhor tubos e mais compridos, esta onde encheu-me as medidas e como tal não podia deixar de a incluir nesta lista. Este destino peca pela grande dificuldade de conseguirmos apanhar esta onda e pela falta de alternativas para surfar. Tirando isso e se temos a sorte de apanhar um bom swell faz desta onda um autêntico fenómeno da natureza e um paraíso para os goofies.

 

2Namibia

 

4º – Cabo Verde

Sou suspeito para falar deste destino pois já lá vou há alguns anos e por isso tenho um impressão bastante positiva a nível de surf, apesar de ser pouco consistente. Com as condições certas podemos apanhar algumas das melhores ondas das nossas vidas praticamente sem ninguém na água. Água e clima quente, comunidade local bastante amigáveis e ainda muitos locais que ainda não tiveram interferência da mão humana faz destas ilhas um local muito próprio e que entra dentro dos meus 5 destinos preferidos.

3º – Austrália

Para mim foi dos locais que mais gostei de visitar, não só pelo surf mas também pelo país em si. É um país enorme e que tem tudo, desde deserto, montanhas, praia e uma vegetação exuberante. Uma grande variedade de ondas de alta qualidade que vai desde alguns dos melhores point breaks do mundo aos melhores beach breaks e onde conseguimos sempre encontrar algum spot para surfar com pouco crowd. O país em si foi dos mais civilizados e limpos onde já tive, com alta qualidade de vida, onde tudo flui e funciona bem, para além de ter alguns dos visuais mais bonitos do mundo.

 

3indonesia

 

2º – Indonésia

É dos meus locais favoritos dada a diversidade de ondas que existem naquelas ilhas. Água quente, clima tropical, um visual paradisíaco ainda bastante selvagem, aliado a um custo de vida baixo e a amabilidade das pessoas locais faz deste local um dos paraísos na terra.

 

4portugal

 

1º – Portugal

Para mim vivemos no melhor país de surf do mundo. Num espaço de poucos quilómetros temos um enorme diversidade de ondas para todos os níveis de surf, uma consistência ao longo de todo o ano difícil de igualar na maior parte do mundo, é barato, bonito, boa comida, não temos amimais perigosos e os acessos aos spots de surf são óptimos. Falando nas nossas ilhas (Madeira e Açores) isso então é a cereja no topo do bolo.

Mais “5 destinos preferidos de…” brevemente AQUI!

(Em “Notes from Paradise” João Guedes passou pelo seu destino número 2)

 

Comentários